11:12 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Embarque de tropas brasileiras pra o Haiti.

    Brasil participa de exercício militar liderado pelos EUA na África

    Agência Brasil / Valter Campanato
    Brasil
    URL curta
    536
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (17), ocorreu a cerimônia de abertura de um exercício anual (JA19) liderado pelo Exército dos EUA com foco na manutenção da paz na Somália. Entre os 12 países participantes está o Brasil.

    Os exercícios, que tiveram início na segunda-feira (15), são liderados pelo Comando dos EUA na África (AFRICOM), divisão das Forças Armadas norte-americanas.

    Segundo o comunicado publicado pelo AFRICOM, oes exercícios têm como objetivo melhorar a capacidade militar de forças internacionais na participação de operações de paz em apoio à Missão da União Africana na Somália (AFISOM).

    Mais de 1.000 militares de Brasil, Canadá, Djibuti, Etiópia, França, Itália, Holanda, Somália, Uganda, Reino Unido e dos Estados Unidos participam dos exercícios neste ano de 2019.

    Nos últimos anos o Brasil participou de diversas missões de paz da ONU, inclusive em posições de comando no Congo e no Haiti.

    Os exercícios incluem treinamento de pessoal em quarteis-generais e manobras de forças em terra. Além disso, haverá treinamento para respostas a emergências médicas, nas quais participarão pessoal médico, assim como civis, da Etiópia e dos EUA.

    A Organização das Nações Unidas (ONU), que é uma das patrocinadoras do AMISOM, ordenou uma redução de tropas em maio deste ano após detectar que as forças dos grupos terroristas combatidos estavam em declínio na região.

    No entanto, uma série de ataques do Al-Shabaab - que tem ligações com a Al-Qaeda* - nos meses de junho e julho renovou as preocupações acerca do controle dos grupos sobre áreas rurais e a possibilidade de que o grupo possa realizar ataques em grandes cidades.

    Mais:

    Que papel desempenha Brasil na prevenção do conflito militar na Venezuela?
    Brasil protegido com armas russas: detalhes da ligação militar russo-brasileira
    Brasil se prepara para exercício militar organizado pela Marinha dos EUA
    Eurodeputado: militares no Brasil usaram 'golpe seco' a Bolsonaro para prevenir invasão da Venezuela
    Tags:
    Estados Unidos, Reino Unido, Uganda, Holanda, Itália, França, Etiópia, Canadá, Djibuti, EUA, África, Somália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar