23:33 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Helicópteros dos Bombeiros sobrevoando área depois do rompimento de barragem em Brumadinho (MG)

    Barragem se rompe na Bahia e deixa moradores da cidade ilhados

    © AP Photo / Andre Penner
    Brasil
    URL curta
    342
    Nos siga no

    Na manhã desta quinta-feira (11) uma barragem se rompeu na cidade de Pedro Alexandre, localizada a cerca de 435 quilômetros de Salvador, na Bahia, e deixou os moradores ilhados.

    Segundo Carla Leão, coordenadora da Defesa Civil da cidade, não há feridos, os moradores estão ilhados em meio a lama. 

    "Algumas casas foram invadidas, mas não teve feridos. Ainda não conseguimos contato com esses moradores porque o povoado está ilhado. Tem muita lama e água no caminho. Apesar disso, sabemos que eles não foram atingidos porque entramos em contato antes, e eles deixaram as casas antes do rompimento", afirmou a coordenadora, segundo o portal G1.

    De acordo com a Superintendência de Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec), o rompimento ocorreu por volta das 11h por conta de fortes chuvas que atingiram a região e as estradas estão bloqueadas, dificultando o acesso de veículos.

    A Defesa Civil local informou que acionou o Corpo de Bombeiros de uma cidade vizinha para ajudar no atendimento da região.

    O acidente fez os moradores da cidade de Coronel João Sá, vizinha à Pedro Alexandre, a evacuarem suas casas.

    "A preocupação é com a cidade de Coronel João Sá. Ela está na rota que a lama seguirá. Então, pedimos que as pessoas procurem ajuda. Já fiquei sabendo que a prefeitura está fazendo o trabalho de retirada dos moradores. Muitos já foram para abrigos", completou a coordenadora.

    Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Pedro Alexandre tem cerca de 16.695 moradores e Coronel João Sá tem uma população que chega a 17.066.

    Mais:

    Bombeiros encontram mais uma vítima de Brumadinho
    Problema em barragem de Brumadinho foi detectada antes da ruptura
    Vale sabia que, no caso de rompimento em Brumadinho, tempo para evacuação era limitado
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar