13:38 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro da Economia do governo Bolsonaro, Paulo Guedes

    Guedes nega ter pedido investigação sobre movimentação financeira de Glenn Greenwald

    © Foto / Fernando Frazão/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    543
    Nos siga no

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, negou ter ordenado qualquer investigação através do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) das movimentações financeiras do jornalista Glenn Greenwald, responsável pelo site The Intercept Brasil.

    O ministro respondeu a requerimento do Tribunal de Contas da União (TCU), que pediu esclarecimentos sobre supostas investigações da situação financeira do jornalista.

    Guedes informou que o Coaf tem autonomia técnica para abrir investigações sem seu conhecimento, mas negou ter emitido qualquer ordem nesse sentido.

    “[O signatário] não tomou parte de nenhuma questão relacionada aos fatos e situações ali descritos [possível investigação de Greenwald], não havendo, por conseguinte, orientado ou determinado nenhuma providência por parte do Conselho de Controle de Atividades Financeiras em eventuais investigações levadas a efeito, atinentes à representação citada”, destacou Guedes no ofício.

    O o presidente substituto do Coaf, Jorge Luiz Alves Caetano, se negou a responder a pergunta sob a alegação de manutenção de sigilo fiscal.

    “Na hipótese ora figurada, é importante reiterar que tanto intercâmbio porventura iniciado pela Polícia Federal quanto eventual RIF [Relatório de Inteligência Financeira] disseminado seguiriam cobertos pelo sigilo imposto pela Constituição Federal e pelas leis do País, ressalvadas as estritas hipóteses de quebra de sigilo. Por essa razão ao longo de vinte anos de existência, o Coaf não se pronuncia sobre caso concreto, tampouco acerca de matérias e especulações jornalísticas ou de qualquer natureza”, escreveu Caetano.

    Mais:

    Guedes promete aprovação da Reforma da Previdência na Câmara antes do recesso
    Áudio vazado mostra Dallagnol comemorando proibição de entrevista de Lula, diz site
    Ameaças a Glenn Greenwald são atentado à liberdade de imprensa no Brasil, diz líder da FENAJ
    Subordinada a Moro, Polícia Federal investiga finanças do jornalista Glenn Greenwald, diz site
    Tags:
    investigação, Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Glenn Greenwald, Paulo Guedes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar