02:54 18 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    30196
    Nos siga no

    O ministro Sergio Moro, da Justiça e Segurança Pública, solicitou um afastamento de uma semana do seu cargo para cuidar de "assuntos particulares".

    Segundo despacho presidencial publicado hoje no Diário Oficial da União (DOU), Moro, que enfrenta um momento de grande tensão por conta do vazamento de uma série de mensagens polêmicas trocadas com procuradores da Lava Jato, deve ficar afastado, sem remuneração, de 15 a 19 de julho.

    ​Um auxiliar do ministério citado pela Istoé explicou que o afastamento já estava sendo planejado desde o início do ano, não tendo qualquer relação, portanto, com os recentes escândalos envolvendo o nome do ministro e sua suposta prática questionável junto à justiça federal em Curitiba, quando, de acordo com publicações do site The Intercept Brasil, Moro teria atuado de maneira indevida e parcial no cumprimento de suas funções como juiz.

    Mais:

    'Eu vejo, eu ouço', diz Moro sobre atos governistas
    Subordinada a Moro, Polícia Federal investiga finanças do jornalista Glenn Greenwald, diz site
    Após 8 horas, audiência de Sergio Moro é encerrada na Câmara após tumulto
    Papa Francisco pede isenção aos juízes em vídeo e possível indireta a Moro
    Tags:
    IstoÉ, ministro, Brasília, Curitiba, Lava Jato, The Intercept, Diário Oficial da União, licença, justiça, Jair Bolsonaro, Sergio Moro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar