00:15 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia, recebe o Presidente da República, Jair Bolsonaro (arquivo)

    Maia prevê 'boa margem de votos' para aprovar reforma

    © Foto : Luis Macedo/Câmara dos Deputados
    Brasil
    URL curta
    803

    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse aos líderes partidários e articuladores do governo estar confiante na aprovação da reforma da Previdência "com uma boa margem de votos", informou Agência Brasil.

    Maia disse trabalhar para que o quórum de deputados seja alto. Assim, segundo ele, será possível entrar no processo de votação do texto entre terça-feira e quarta-feira.

    "O importante é ganhar. Vamos ganhar com uma boa margem para uma matéria que há um ano atrás era muito difícil chegar nesse momento com perspectiva de vitória", disse Maia aos jornalistas depois da reunião com líderes partidários e articuladores do governo na manhã deste sábado.

    O deputado espera votar a matéria antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho.

    O presidente da Câmara avaliou durante a semana passada já contar com os votos necessários para aprovar o texto, pouco mais de 325 deputados. A PEC precisa de dois turnos de votação no plenário e, no mínimo, 308 votos em cada turno para ser aprovada.

    Se validado pelos deputados, o texto segue para análise do Senado, onde também deve ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores.

    Mais:

    Bolsonaro: Reforma da Previdência está nas mãos do Legislativo
    Guedes promete aprovação da Reforma da Previdência na Câmara antes do recesso
    Reforma da Previdência: texto-base é aprovado na Comissão Especial da Câmara
    Tags:
    Brasil, Reforma da Previdência, Rodrigo Maia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar