20:22 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    10144
    Nos siga no

    O pontífice católico cobrou isenção de juízes que, segundo ele, "devem seguir o exemplo de Jesus".

    Na manhã desta quarta-feira, o Papa Francisco publicou um vídeo em sua conta no Twitter com mensagem aos juízes, cobrando isenção no exercício das atividades processuais.

    "Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus, que nunca negocia a verdade. Rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra", disse o Papa em um dos trechos do vídeo.

    ​O vídeo ganhou popularidade nas redes sociais e muitos usuários argumentam que a peça poderia ser um comentário indireto aos acontecimentos no Brasil e uma mensagem velada ao juiz Sergio Moro.

    O magistrado, durante todo o último mês, teve conversas vazadas pelo site The Intercept Brasil, onde confraterniza e articula com a acusação o processo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em violação da ética jurídica e possivelmente também da lei.

    Essa não seria a primeira participação de Papa Francisco em discussões da pauta interna brasileira. Assim, no mês de maio, o líder religioso enviou uma carta de apoio ao Lula, que está preso na Polícia Federal de Curitiba há mais de um ano, após ser condenado por Sergio Moro no âmbito da Operação Lava Jato.

    Mais:

    Após 8 horas, audiência de Sergio Moro é encerrada na Câmara após tumulto
    Subordinada a Moro, Polícia Federal investiga finanças do jornalista Glenn Greenwald, diz site
    'Eu vejo, eu ouço', diz Moro sobre atos governistas
    Tags:
    vídeo, Twitter, Sergio Moro, Papa Francisco
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar