06:38 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Davi Alcolumbre assume a presidência do Senado

    Alcolumbre diz que Moro estaria 'cassado ou preso' se fosse parlamentar

    Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    694
    Nos siga no

    O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), comentou a repercussão do vazamento de mensagens entre o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallanngol.

    Segundo ele, se comprovadas as mensagens divulgadas pelo The Intercept Brasil o conteúdo é "grave".

    Conforme publicou o site Poder360, Alcolumbre afirmou em jantar que Moro "se fosse deputado ou senador, estava no Conselho de Ética, cassado ou preso".

    Ainda segundo o site, Alcolumbre acredita que as revelações mostram que Moro e Dallangol ultrapassaram limites éticos. O senador, porém, ponderou sobre a veracidade das mensagens e reiterou a necessidade de comprová-las.

    Alcolumbre também afirmou que a comprovação da veracidade das mensagens teria impacto grande, mas que a Lava Jato não seria afetada "porque ninguém contesta nada disso e não vai contestar nunca".

    'Vaza Jato' cria terremoto político

    O site The Intercept Brasil publicou uma série de reportagens em que o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador do Ministério Público Federal, Deltan Dallangol, aparecem em diálogos sobre a Lava Jato, indicando um possível conluio. Além deles, diversos procuradores da Operação são flagrados nas conversas.

    Juristas divergem sobre os efeitos práticos das revelações, mas existe a possibilidade de que processos inteiros sejam anulados caso Moro caia em suspeição. É o caso da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    As reportagens seguem sendo publicados e têm causado um terremoto político em Brasília. Entre idas e vindas, tanto Moro quanto os procuradores levantam suspeitas sobre a veracidade das mensagens e ressaltam que foram obtidas de forma ilegal.

    O ministro Sergio Moro, que era juiz à época das mensagens, chegou a passar por uma audiência no Senado Federal para responder a questões relacionadas ao conteúdo divulgado. Ele também adiou ida à Câmara dos Deputados com o mesmo fim.

    Mais:

    Após crítica de Moro, procuradora não participou de audiência com Lula, revela site
    Dodge se manifesta contra Lula no STF e questiona vazamento de mensagens atribuídas a Moro
    No Senado, Moro diz que promessa de vaga no STF é 'uma fantasia'
    'As montanhas partejam, nascerá um ridículo rato', diz Moro em latim no Twitter
    Tags:
    Poder360, Senado Federal, Câmara dos Deputados, Deltan Dallagnol, Sergio Moro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar