13:02 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes

    Bolsonaro diz que dificilmente Brasil terá concursos públicos nos próximos anos

    © AP Photo / Eraldo Peres
    Brasil
    URL curta
    418
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro declarou neste sábado (22) que dificilmente haverá concursos públicos no Brasil nos "próximos poucos anos" e defendeu a reforma da Previdência como uma forma de melhorar a economia.

    De acordo com ele, o ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiu restringir a realização de novos concursos com o objetivo de conter gastos.

    "Em todas as minhas andanças pelo mundo, parece que a palavra mágica passou a ser reforma da Previdência. Muita gente quer investir aqui. E gente de dentro do Brasil. Estão esperando isso que virou algo mágico. Se a Previdência sair, voltamos a ter confiança e os investimentos virão", afirmou.

    'E atrás disso vem emprego. Pessoal cobra de mim. Emprego não sou eu. Eu emprego quando crio cargo de comissão ou quando faço concurso", acrescentou o presidente.

    Bolsonaro destacou que a decisão de restringir os concursos públicos foi de Paulo Guedes, mas que foi aberta uma exceção para a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal.

    "Paulo Guedes decidiu basicamente que poucas áreas terão concurso, porque não tem como pagar mais. O problema é esse. A gente até gostaria em uma área ou outra. Abri uma exceção para a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal", afirmou.

    Mais:

    Bolsonaro quer drones em operações das Forças Armadas brasileiras
    Bolsonaro quer minar Doria, Witzel e Huck ao falar em reeleição, diz cientista político
    Bolsonaro diz que Legislativo quer transformá-lo em 'rainha da Inglaterra'
    Tags:
    concurso, economia, Previdência Social, Paulo Guedes, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar