02:15 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Ministro Sérgio Moro chega ao lado do presidente Jair Bolsonaro a um evento militar em Brasília

    Bolsonaro diz que armar população pode evitar golpes de Estado

    © REUTERS / Adriano Machado
    Brasil
    URL curta
    22311

    Durante um evento do Exército em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse que armar a população pode evitar golpes de Estado.

    Em sua declaração o presidente comparou o valor da vida ao valor da liberdade, dizendo que a segunda é "algo muito mais valoroso".

    "Além das Forças Armadas, defendo o armamento do povo, para que tentações não passem na cabeça de governantes para assumir o poder de forma absoluta", disse Bolsonaro, conforme publicou a Folha de São Paulo.

    O evento do qual o presidente participou se tratava da Festa Nacional de Artilharia (Fenart), onde assistiu a uma encenação da Batalha de Tuiuti, da guerra do Paraguai.

    O jornal também relatou que Bolsonaro recebeu um "pixuleco" do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, das mãos de um apoiador. Ele teria dado tapas no boneco e jogado ele para cima.

    Mais:

    'Pode prejudicar os gays': Bolsonaro critica STF por criminalizar a homofobia no Brasil
    Greve geral: 'apenas o começo do processo de mobilizações contra Bolsonaro', diz professor (VÍDEO)
    Bolsonaro diz que presidente do BNDES está com 'cabeça a prêmio'
    Bolsonaro defende Moro: 'livrou o Brasil de situação semelhante à da Venezuela'
    Tags:
    armamentos, armas, Exército, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar