23:35 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro Sérgio Moro chega ao lado do presidente Jair Bolsonaro a um evento militar em Brasília

    Bolsonaro defende Moro: 'livrou o Brasil de situação semelhante à da Venezuela'

    © REUTERS / Adriano Machado
    Brasil
    URL curta
    26215
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro se manifestou neste sábado (15) sobre o vazamento de mensagens atribuídas a Sérgio Moro e integrantes da operação Lava Jato, saindo novamente em defesa do ministro da Justiça.

    De acordo com ele, o ministro da Justiça foi responsável e combateu a corrupção no comando da Lava Jato, livrando o país de "mergulhar em uma situação semelhante à da Venezuela".

    "O Moro foi responsável, não por botar um ponto final, mas por buscar uma inflexão na questão da corrupção. E mais importante: livrou o Brasil de mergulhar em uma situação semelhante à da Venezuela. Onde estaria em jogo não o nosso patrimônio, mas a nossa liberdade", disse.

    Bolsonaro ainda afirmou que o pai dele ensinou que só se confia "100%" no pai e na mãe.

    O site The Intercept Brasil tem publicado, desde o fim de semana passado, trechos de conversas em chat privado, na plataforma Telegram. Em uma das mensagens, datadas em 10 de maio de 2017, o então juiz Sergio Moro sugere ao então procurador da República, Carlos Fernando dos Santos Lima, distribuir nota à imprensa para rebater afirmações da defesa de Luiz Inácio Lula da Silva, logo após o depoimento do ex-presidente da República no caso do triplex do Guarujá, investigado pela Operação Lava Jato.

    Mais:

    'Pode prejudicar os gays': Bolsonaro critica STF por criminalizar a homofobia no Brasil
    Greve geral: 'apenas o começo do processo de mobilizações contra Bolsonaro', diz professor (VÍDEO)
    Bolsonaro diz que presidente do BNDES está com 'cabeça a prêmio'
    Tags:
    Venezuela, Lava Jato, The Intercept, Sérgio Moro, Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar