19:31 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva

    'Verdade não morre': Lula se pronuncia pela 1ª vez após conversas entre Moro e Dallagnol

    © AP Photo / Andre Penner
    Brasil
    URL curta
    20468

    Reunido por duas horas com os seus advogados em Curitiba, onde está preso desde abril do ano passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se disse surpreso com as revelações das mensagens entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

    "A verdade fica doente, mas não morre nunca", declarou Lula ao advogado José Roberto Batochio, de acordo com informações publicadas pelo UOL nesta terça-feira.

    De acordo com o site, o petista afirmou sempre saber do que chamou de conluio entre Moro, atual ministro da Justiça do presidente Jair Bolsonaro (PSL), e a Força-Tarefa da Operação Lava Jato, responsável por processo do triplex do Guarujá (SP), cuja condenação levou Lula para a prisão.

    Entretanto, a rapidez com que as mensagens trocadas entre o ex-juiz e Dallagnol, divulgadas pelo The Intercept Brasil no domingo, acabaram vindo a público surpreenderam o ex-presidente.

    Os advogados de Lula esperam que o teor dos vazamentos envolvendo Moro e Dallagnol mudem a compreensão da Justiça. Nesta terça-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgará mais um pedido de habeas corpus do ex-presidente.

    Mais:

    Conversas entre Moro e Dallagnol podem anular processos da Lava Jato, dizem juízes
    Após vazamento, campanha por pacote anticrime de Moro é suspensa
    Vice-líder do governo defende deportação de jornalista e fechamento de agência de notícias
    Tags:
    triplex, corrupção, política, Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, Sérgio Moro, Curitiba, Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar