18:28 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba

    Após vazamento, campanha por pacote anticrime de Moro é suspensa

    Rovena Rosa / Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    1191
    Nos siga no

    Após o The Intercept publicar conversas em que o então juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol combinam ações da Lava Jato, o Palácio do Planalto decidiu adiar o lançamento da campanha publicitária do pacote anticrime de Moro.

    As informações são do jornal O Globo.

    Também havia a previsão de uma cerimônia no Palácio do Planalto na quarta-feira, dia 12.

    Oficialmente, o adiamento foi feito porque o presidente Jair Bolsonaro (PSL) resolveu focar recursos na campanha pela reforma da previdência e porque a agência publicitária que cuida da campanha pelo pacote de Moro precisaria de mais tempo.

    As propostas de Moro que ficaram conhecidas como pacote anticrime englobam mudanças na legislação para crimes violentos, corrupção e organização criminosa. Uma das medidas propostas por Moro é isentar de pena policiais que matem por "escusável medo, surpresa ou violenta emoção".

    O vazamento do The Intercept despertou o questionamento sobre a legalidade das ações de Moro e segue agitando Brasília. 

    Mais:

    Mourão elogia proposta de Bolsonaro sobre moeda única na América do Sul
    Privatização dos Correios ganha força no governo, diz Bolsonaro
    'Declarações de Eduardo Bolsonaro sobre armas nucleares causam problemas para Brasil e Argentina'
    Bolsonaro ainda não apresentou plano para o Brasil, dizem presidentes da Câmara e do Senado
    Tags:
    Deltan Dellagnol, Sergio Moro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar