20:54 26 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Combate ao desvio de dinheiro dos cofres públicos

    Comissão da Câmara aprova admissibilidade da proposta de reforma tributária

    Fotos Públicas / Rafael Neddermeyer
    Brasil
    URL curta
    111

    A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira (22), o parecer sobre a admissibilidade da proposta de reforma tributária (PEC 45/19).

    Na semana passada, o relator deputado João Roma (PRB-BA) apresentou parecer favorável à tramitação do texto.

    A proposta institui o Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS), que substitui três tributos federais — IPI, PIS e Cofins —, o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal.

    Todos eles incidem sobre o consumo. O IBS será composto por três alíquotas — federal, estadual e municipal; e União, estados e municípios poderão fixar diferentes valores para a alíquota do imposto.

    O PSOL foi o único partido a votar contra o relatório. Segundo o líder da legenda na Câmara, Ivan Valente (SP), a reforma tributária deveria promover justiça social e distribuição de renda por meio da taxação de grandes fortunas e de lucros e dividendos. “Não tem nada no texto que mostra que vai trazer justiça fiscal, de quem tem mais deve pagar mais. Não basta apenas ter simplificação tributária”, argumentou.

    A proposta segue agora para análise de uma comissão especial, que vai debater o mérito da matéria.

    Tags:
    economia, reforma tributária
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar