14:14 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Carla Zambelli ao lado de Joice Hasselmann em 2016

    Deputadas do PSL, Joice Hasselmann e Carla Zambelli trocam farpas nas redes sociais

    © Foto/ Reprodução / Facebook Nas Ruas
    Brasil
    URL curta
    1572
    Nos siga no

    As deputadas federais Joice Hasselmann e Carla Zambelli, ambas do PSL, agitaram as redes sociais entre a noite de sexta-feira e a manhã deste sábado com uma tropa de farpas pública, expondo um novo capítulo de disfunção da base do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

    Tudo começou, com base nas postagens, quando Carla cobrou publicamente Joice, líder do governo no Congresso Nacional, por uma suposta falta de empenho na defesa dos interesses de Bolsonaro e do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

    "O presidente disse hoje que a mudança na forma de governar não agrada aqueles grupos que no passado se beneficiavam das relações pouco republicanas. A medida provisória 870 sofreu grave ataque na comissão e pergunto: a líder Joice Hasselmann não fala nada disso em suas redes sociais por que?", escreveu Carla, referindo-se ao texto enviado na sexta-feira por Bolsonaro a contatos pessoais em que classifica o país como "ingovernável fora de conchavos".

    Ao longo de todas as cinco mensagens de Carla, a parlamentar – que ganhou destaque a partir de 2015, quando liderou movimentos a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) – criticou a atuação de Joice na discussão de uma medida provisória de interesse do governo, que por sua vez coleciona derrotas em votações no Congresso.

    Não demorou para Joice reagir às postagens da colega de PSL. Segundo a jornalista, conhecida nas redes sociais por ter integrado a equipe da revista Veja e ter se envolvido em acusações de plágio no Paraná, Carla não é inteligente e "desconhece matemática básica".

    "Ao contrário de você, penso no bem do país e do governo Jair Bolsonaro. Porque eu sei fazer conta, conheço matemática básica e logo sei que sem a maioria não se aprova nada. Eu estou preocupada com o país e não com curtidas em tuítes ou lives. Porque eu sou inteligente, já você...", escreveu a líder do governo no Congresso.

    O bate-boca virtual prosseguiu, com Carla enviando uma tréplica na qual questionou o suposto alinhamento de Joice com o Centrão (grupo formado pelo chamado baixo clero da Câmara dos Deputados), afirmando ainda que a líder está em campanha antecipada para as eleições de 2022.

    Viajando pelo país em defesa da Reforma da Previdência, Joice respondeu mais uma vez, destacando que ninguém no PSL queria a filiação de Carla, chamando-a ainda de "farsa".

    Já neste sábado, Joice fustigou a colega de PSL ao compartilhar uma notícia sobre um suposto nepotismo cruzado praticado por Carla e pelo secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antônio Nabhan Garcia – este um ruralista que com forte ligação com Bolsonaro durante a corrida eleitoral de 2018.

    De acordo com a postagem, Carla teria empregado Maurício Nabhan Garcia como secretário parlamentar em seu gabinete desde fevereiro, enquanto Garcia teria dado um cargo a Bruno Zambelli Salgado no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). A prática de nepotismo é vedada por lei no país desde 2010.

    Em resposta, Carla negou que tenha havido nepotismo, mas informou que o seu irmão pediu exoneração na manhã de sexta-feira. E prosseguiu com mais ataques.

    A falta de articulação junto ao Congresso, as disputas internas e os supostos casos envolvendo desvio de dinheiro por "laranjas" são alguns dos episódios envolvendo o PSL desde o início do governo Bolsonaro. O partido tentará mostrar união no próximo dia 26, quando foram convocados atos em todo o Brasil em apoio ao presidente.

    Há, contudo, quem no próprio partido não acredite nas manifestações.

    Mais:

    'Bolsonaro quer desligar a máquina e jogar a chave fora', diz ministro Ernesto Araújo
    Bolsonaro quis mostrar força em Dallas, mas trouxe poucos ganhos ao país, diz especialista
    Impeachment de Bolsonaro? Web sugere e deixa internautas decidirem o que é melhor
    Tags:
    direita, manifestações, fogo-amigo, política, crítica, ofensa, base aliada, centrão, INCRA, Congresso Nacional, Partido Social Liberal (PSL), Bruno Zambelli Salgado, Maurício Nabhan Garcia, Luiz Antônio Nabhan Garcia, Sérgio Moro, Carla Zambelli, Joice Hasselmann, Alexandre Frota, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar