13:10 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 03
    Nos siga no

    A Igreja Católica sinalizou no 2º dia da Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que pretende ampliar os serviços de acolhimento a refugiados venezuelanos que entram no Brasil.

    De acordo com o presidente da Caritas brasileira e arcebispo de Aracaju, dom João José da Costa, "dioceses de outros Estados estão sendo chamadas a desenvolver projetos de acolhia aos venezuelanos em Roraima", conforme citado pelo jornal O Estado de São Paulo.

    Ao periódico, o bispo de Roraima, dom Mário Antônio da Silva, disse ter observado aumento na entrada de venezuelanos após a tentativa de golpe articulada pelo autoproclamado presidente interino Juan Guaidó contra Nicolás Maduro na terça.

    "Relatos que chegam das paróquias de Pacaraima indicam que muitos venezuelanos estão procurando as igrejas. O Exército os traz, mas a acolhida das famílias que precisam de um lugar para ficar e de comida, isso depende dos paroquianos e da Igreja”, afirmou, citando ainda que 10% da população no estado já é composta por venezuelanos refugiados.

    Tags:
    Roraima, Brasil, Venezuela, Dom Mário Antônio da Silva, Dom João José da Costa, Juan Guaidó, Nicolás Maduro, Caritas brasileira, O Estado de São Paulo, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar