09:58 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Eduardo Bolsonaro cochicha no ouvido do pai Jair Bolsonaro no comitê de transição de governo em Brasília, 14 de novembro de 2018

    Deputada chama Bolsonaro de terraplanista e recebe resposta de um dos 'garotos'

    © AFP 2019 / SERGIO LIMA
    Brasil
    URL curta
    Pablo Rodrigues
    15232

    A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) atribuiu alguns adjetivos ao presidente do Brasil, mas apenas um chamou atenção de um dos filhos de Jair Bolsonaro – terraplanista, que está dando o que falar no Twitter.

    Em tweet, a deputada Erika Kokay se mostrou surpresa ao sugerir que quem está governando o país não é o presidente Jair Bolsonaro, mas, sim, os filhos dele, o trio: Eduardo, Carlos e Flávio.

    ​Mesmo tendo atribuído diversos adjetivos a Jair Bolsonaro, o único que chamou atenção do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) foi o terraplanista. E o filho de Bolsonaro não demorou em dar uma resposta a Erika Kokay, dizendo que "eles se superam", em referência a petistas.

    ​O tweet da deputada e a resposta do deputado ocasionaram surgimento de um dos assuntos que está dando o que falar no Twitter nesta quinta-feira (25), com memes hilários.

    Chamar de racista pode, mas de terraplanista não, escreve internauta, que adiciona os integrantes da Carreta Furacão dançando em sincronia e com máscaras da família Bolsonaro.

    ​Os cargos teriam sido atualizados?

    ​Tem gente sugerindo trocar terraplanista por mototaxista.

    ​Defensor da reforma da Previdência? Então é terraplanista, certeza.

    ​Nem todo mundo levou a resposta do filho de Bolsonaro como "esquecimento" dos outros adjetivos atribuídos.

    ​Há quem acredite que "a esquerda não tem limite do ridículo".

    Mais:

    'Não se trata de curtida': Carlos Bolsonaro conspira contra Mourão e internautas respondem
    Carlos Bolsonaro bloqueia acesso de Jair Bolsonaro ao Twitter, diz revista
    Carlos Bolsonaro não reconhece ataque a Mourão: 'não estou reclamando do vice'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar