15:03 23 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Carlos Bolsonaro durante visita ao Tribunal Superior do Trabalho em Brasília, 13 de novembro de 2018

    Carlos Bolsonaro não reconhece ataque a Mourão: 'não estou reclamando do vice'

    © AFP 2019 / Sergio LIMA
    Brasil
    URL curta
    Pablo Rodrigues
    0 413

    O que não faltou nos últimos dias foi conspiração, arquitetada por Carlos Bolsonaro contra Hamilton Mourão.

    O filho do presidente do Brasil, que usou uma curtida no Twitter e um convite para palestra nos EUA contra o vice-presidente, acabou dizendo que não ataca ninguém e que são apenas informações que gostaria de compartilhar com amigos. Mas as "provas" da traição do vice-presidente não param por aí.

    O vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) ainda usou uma entrevista antiga de Mourão, onde ele fala em "ir para uma guerra civil na Venezuela", dizendo faltar um último suspiro de vida ao vice-presidente do Brasil.

    ​Uma notícia com uma citação de Mourão sobre "acabar com a vitimização" de Bolsonaro enquanto internado também foi usada. Carlos Bolsonaro ressaltou que seu pai, quando foi esfaqueado, "lutava pela vida".

    ​Dentre os materiais apresentados por Carlos Bolsonaro, há a opinião do vice-presidente sobre a decisão do STF de reduzir a pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    ​Para concluir a apresentação de provas contra Mourão, o filho de Bolsonaro publicou um print em que ele insinua "alinhamento" do vice-presidente "com políticos que detestam o presidente", no caso, Jean Wyllys.

    ​Depois de tweets conspiracionistas, onde o vereador carioca pede para que seus seguidores "tirem suas conclusões", disponibilizando materiais contra o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, surge um tweet um tanto contraditório do filho de Bolsonaro que diz que não está "reclamando do vice", afirmando serem "apenas informações" que ele gostaria de "continuar compartilhando com os amigos".

    Mais:

    'Não se trata de curtida': Carlos Bolsonaro conspira contra Mourão e internautas respondem
    Mourão diz que Olavo de Carvalho 'deve se limitar à função de astrólogo'
    Feliciano protocola impeachment de Mourão: 'like' no Twitter é um dos argumentos
    Tags:
    Twitter, Carlos Bolsonaro, Antônio Hamilton de Martins Mourão, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar