22:37 24 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Bolsonaro posa para fotos na saída do Palácio da Alvorada

    Bolsonaro diz que governo precisa da mídia para que 'chama da democracia' não se apague

    © Foto: Agência Brasil/Valter Campanato
    Brasil
    URL curta
    0 45

    O presidente Jair Bolsonaro participou nesta quinta-feira (18) de uma solenidade em comemoração aos 371 anos do Exército Brasileiro, em São Paulo, onde fez comentários sobre a mídia e elogios a escolas militares.

    Durante a cerimônia, realizada no Quartel-General do Ibirapuera, Bolsonaro afirmou que o Exército "sempre esteve ao lado da vontade nacional" no momentos difíceis do país. 

    Ao falar sobre o papel da mídia, o presidente declarou que o governo precisa da mídia para que “a chama da democracia não se apague”. 

    “Prezados integrantes da mídia, precisamos de vocês cada vez mais, palavras, letras e imagens, que estejam perfeitamente emanadas com a verdade. Nós, juntos, trabalhando com esse objetivo, faremos um Brasil maior, grande, e reconhecido em todo o cenário mundial. É isso o que nós queremos, as pequenas diferenças fiquem para trás. O Brasil é maior do que todos nós juntos”, disse. 

    “Tenho certeza que, sozinho, não chegarei a lugar algum. Precisamos de todos vocês, civis e militares, ao lado do Brasil, para colocá-lo realmente no lugar que ele merece”, acrescentou.

    Bolsonaro também aproveitou a oportunidade para elogiar o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, pela “construção do maior colégio militar do Brasil, no Campo de Marte”. “Nós faremos todo o possível para que, em cada capital de estado, onde, porventura, não exista colégio militar, nós construiremos lá também”, completou. 

    Mais:

    Privatizar a Petrobras até 2022? Guedes sugere mais mudanças nas posições de Bolsonaro
    Esse filme já foi rodado no Brasil: analista sobre agenda econômica de Bolsonaro
    Bolsonaro é o único brasileiro a entrar na lista dos '100 mais influentes de 2019' da Time
    Bolsonaro: 'eu não quero e não tenho direito de intervir na Petrobras'
    Tags:
    jornalismo, mídia, exército, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar