13:29 19 Maio 2019
Ouvir Rádio
    O vice-presidente Hamilton Mourão.

    Vice dos EUA quer que Mourão convença Rússia e China a deixarem de apoiar Maduro

    © AP Photo / Andre Penner
    Brasil
    URL curta
    16419

    O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, se encontrará com seu colega brasileiro Hamilton Mourão na Casa Branca nesta segunda-feira para discutir sanções e esforços diplomáticos para aumentar a pressão e forçar a saída do presidente venezuelano Nicolás Maduro.

    Em suas primeiras conversas com Mourão, Pence procurou incentivar o ex-general brasileiro a usar sua experiência e influência junto aos líderes militares venezuelanos, bem como junto à China e à Rússia, para que retirem o seu apoio à Maduro, disse um alto funcionário da Casa Branca, citado pela agência Reuters.

    Os Estados Unidos e a maioria dos países ocidentais apoiaram o líder da oposição Juan Guaidó, que invocou a Constituição para declarar-se presidente interino em janeiro, argumentando que a reeleição de Maduro em 2018 era ilegítima.

    Maduro, que é apoiado pela Rússia e pela China e controla o Estado e o Exército do país, disse que Guaidó é um fantoche dos Estados Unidos.

    Guaidó ofereceu uma anistia aos membros das Forças Armadas que o apoiam, mas o alto comando permaneceu fiel a Maduro.

    Mourão, que foi adido militar em Caracas, "tem uma perspectiva muito particular" quando se trata de ajudar persuadir os líderes militares venezuelanos a mudar de lado, prosseguiu o oficial da Casa Branca, que falou sob condição de anonimato.

    "Ele [Mourão] fala com uma credibilidade única de dentro da região como um líder político de alto escalão com formação militar, que a voz é muito importante e ele está usando essa voz para promover a causa", acrescentou.

    Mourão também está bem posicionado para dialogar com a Rússia e com a China por seus apoios a Maduro, já que o Brasil é um parceiro do BRICS, o grupo das maiores economias de mercado emergentes, disse a autoridade.

    Mais:

    'Crônica de uma morte anunciada', diz Mourão sobre demissão de ministro da Educação
    Mourão diz que divulgação de vídeo pró-ditadura partiu de Bolsonaro
    Mourão acusa preconceito sobre carreira militar e defende reforma da Previdência
    Tags:
    crise na venezuela, militares, diplomacia, política, Casa Branca, BRICS, Juan Guaidó, Antonio Hamilton Mourão, Mike Pence, Nicolás Maduro, Estados Unidos, Venezuela, China, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar