08:53 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Bolsonaro posa para fotos na saída do Palácio da Alvorada

    Após pior avaliação do Datafolha, apoiadores de Bolsonaro lançam hashtag de aprovação

    © Foto/ Agência Brasil/Valter Campanato
    Brasil
    URL curta
    Por
    24324
    Nos siga no

    Jair Bolsonaro concluiu primeiro trimestre do primeiro mandato com a pior avaliação do Datafolha desde a redemocratização de 1985. O resultado não foi recebido da melhor forma pelos apoiadores dele, que estão mostrando apoio ao chefe de Estado na web.

    De acordo com a pesquisa do Datafolha, divulgada pela Folha de S. Paulo no domingo (7), o governo de Jair Bolsonaro recebeu 32% de aprovação, contra 30% de reprovação. Vale destacar que 33% dos entrevistados consideraram o governo de Bolsonaro regular, já 4% correspondem a pessoas que não sabem ou que preferiram não responder.

    Metade dos entrevistados pelo Datafolha acredita que o presidente do Brasil "trabalha pouco", tendo 58% dito que Jair Bolsonaro "é muito inteligente".

    Se comparado a Lula e a Dilma, nos quesitos trabalha pouco ou muito e é ou não inteligente, Jair Bolsonaro recebeu avaliação um tanto inferior. Ele não se esqueceu de publicar uma imagem da comparação, seguida por uma gargalhada.

    ​Quando estava saindo do Palácio da Alvorada, Bolsonaro foi perguntado por jornalistas quanto à avaliação e preferiu não comentar: "Datafolha? Não vou perder tempo para comentar pesquisa do Datafolha, que diz que eu ia perder para todo mundo no segundo turno."

    O resultado da pesquisa tocou muitos brasileiros, em especial os que apoiam o atual presidente do Brasil. Os aprovadores da política de Bolsonaro resolveram se reunir e pôr a hashtag #EuAprovoBolsonaro no topo do Twitter. Já são mais de 37 mil tweets.

    Há quem jogue a crise para a mídia.

    ​Vídeo foi publicado para incrementar o apoio ao presidente.

    ​Um internauta decidiu enumerar os bilhões "economizados".

    ​Imagens de Bolsonaro com a bandeira do Brasil ao entardecer foram postadas por muitos internautas.

    ​A antropóloga Rosana Pinheiro-Machado exibiu o "presente" dado por Bolsonaro à oposição.

     

    O apoio não vem de todos, e há quem acredite que o primeiro trimestre é a penas o início do terror.

     

    Mais:

    #BolsonaroÉfakenews: conversa compartilhada pelo presidente repercute contra ele mesmo
    Apelidado de 'tchutchuca', Paulo Guedes não sai da web com enxurrada de tweets
    Tags:
    Palácio da Alvorada, Twitter, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar