10:30 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Jair Bolsonaro, presidente do Brasil

    Receita conclui que acesso a dados fiscais de Bolsonaro foram ilegais

    © REUTERS / Ueslei Marcelino
    Brasil
    URL curta
    5312

    A Receita Federal informou nesta sexta-feira (5) que iniciou o procedimento para apurar o acesso de dois servidores a informações fiscais do presidente Jair Bolsonaro.

    De acordo com a nota da Receita, após a identificação do acesso a informações fiscais de Bolsonaro, a sindicância concluiu que não havia qualquer motivação legal para o acesso aos dados do presidente. 

    ​"A Receita Federal informa que, após identificar o acesso a informações fiscais do Sr. Presidente da República e de integrantes de sua família, por dois servidores, o órgão abriu sindicância para apurar as circunstâncias em que esse acesso foi realizado," diz a nota da Receita à imprensa. 

    "A sindicância concluiu que não havia motivação legal para o acesso e, por esta razão, a Receita notificou à Polícia Federal ao mesmo tempo em que iniciou procedimento correicional, visando apurar responsabilidade funcional dos envolvidos", acrescenta a nota do órgão. 

    Mais:

    LAAD 2019: ida de Bolsonaro ao Chile vira trunfo de consórcio por quebra-gelo da Marinha
    Bolsonaro afirma que neste ano não haverá horário de verão
    'Não há monopólio': Taurus rebate filho de Bolsonaro e desafia gringas a entrarem no país
    Muito além da 'nova política': qual é o futuro das relações entre Bolsonaro e Congresso?
    Tags:
    investigação, Polícia Federal, Receita Federal, Jair Bolsonaro, Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar