01:36 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Marcha pela legalização do aborto na América Latina, no Rio de Janeiro

    Dia da Mulher terá protestos em todo o país por direitos e contra Reforma da Previdência

    © Foto / Fernando Frazão/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    861
    Nos siga no

    Em pelo menos 45 cidades brasileiras, incluindo 17 capitais, protestos vão marcar o Dia Internacional da Mulher nesta sexta-feira (8). Os atos da Marcha Mundial das Mulheres defendem o fim da violência contra as mulheres, o respeito aos direitos civis e direitos reprodutivos e sexuais das mulheres.

    As imigrantes e refugiadas, as mulheres com deficiência, a questão da representatividade política, além do respeito aos direitos do público LGBTQIA+ estão entre as bandeiras dos atos que ocorrerão ao longo do dia. A vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), cujo assassinato completa um ano sem solução no dia 14, será homenageada.

    A maior parte da agenda que motiva a mobilização no Brasil coincide com os pleitos que levam às ruas mulheres de outros países nesta data.

    No caso brasileiro, o movimento também contesta a Reforma da Previdência.

    Outra pauta dos protestos neste Dia Internacional da Mulher será a luta pela democracia, pelos direitos dos povos indígenas e por uma educação não sexista, princípios defendidos, no final do mês passado, pela então representante da Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres), Nadine Gasman, pilares da igualdade de gênero.

    Tags:
    reforma da previdência, feministas, protestos, Dia Internacional da Mulher, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar