23:30 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Jair Bolsonaro, diputado y exmilitar brasileño

    Bolsonaro diz que ajuda humanitária para Venezuela 'está mantida'

    © AFP 2019 / Apu Gomes
    Brasil
    URL curta
    Confrontos nas zonas fronteiriças da Venezuela (51)
    9111
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, determinou na última quinta-feira (21) o fechamento da fronteira com o Brasil

    O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta sexta-feira (22) que o envio de ajuda humanitária do governo brasileiro à Venezuela está mantido. Foi determinado o envio de 200 toneladas de medicamentos e alimentos ao povo venezuelano.

    Situação na fronteira entre Venezuela e Colômbia
    © REUTERS / Carlos Eduardo Ramirez
    "Comunico que o envio de ajuda humanitária aos venezuelanos está mantido. O Brasil inteiro mobilizou-se de forma ágil e até o fim do dia, cerca de 200 toneladas de alimentos e medicamentos chegam em Boa Vista-Roraima", disse em publicação no Twitter.

    Anteriormente, o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, havia informado que os caminhões venezuelanos que estão no Brasil para receber as doações seriam escoltados até a fronteira. 

    De acordo com ele, “a operação brasileira tem caráter exclusivamente de ajuda humanitária, não havendo qualquer interesse de nosso país em quaisquer outras frentes neste momento”, disse o porta-voz.

    Tema:
    Confrontos nas zonas fronteiriças da Venezuela (51)

    Mais:

    Venezuela fecha 3 passagens da fronteira da Colômbia
    Mesmo com sanções, EUA importam 5 vezes mais petróleo da Venezuela em 2019
    Ernesto Araújo vai à Colômbia para apoiar ajuda humanitária à Venezuela
    Para Rússia, Venezuela pode ser uma 'versão econômica' da Síria
    Tags:
    ajuda humanitária, fronteira, Jair Bolsonaro, Venezuela, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar