00:39 17 Fevereiro 2019
Ouvir Rádio
    Bombeiros no Centro de Treinamento do Flamengo após incêndio que deixou 10 mortos

    'Não estamos falando de um puxadinho', diz CEO do Flamengo sobre incêndio

    © REUTERS / Ricardo Moraes
    Brasil
    URL curta
    0 12

    O CEO do Flamengo, Reinaldo Belotti, falou neste sábado (9) sobre o incêndio no Centro de Treinamento do clube que deixou 10 mortos. Ele negou que a ausência de licença do local tenha relação com o episódio.

    "Não estamos falando de um puxadinho, estamos falando de um alojamento", afirmou o CEO, segundo o G1. Ele ressaltou que o clube tem certidões do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, da Federação de Futebol do Rio (Ferj) e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF)

    Belotti também disse que o temporal que aconteceu no Rio de Janeiro na noite de quinta-feira (7) pode ter relação com o incêndio por conta de picos de energia que teriam acontecido.

    O CT não tem licença da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros para construir alojamentos no local do incêndio, mas o CEO do Flamengo afirmou que a situação "não tem nada a ver com o acidente que ocorreu".

    Ele não respondeu às perguntas da imprensa.

    Mais:

    Ministério Público do Trabalho não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
    Prefeitura diz que tinha pedido interdição do CT do Flamengo em 2017
    Tragédia no Flamengo: área do CT só poderia ser usada como estacionamento
    'Maior tragédia da história do clube', diz presidente do Flamengo sobre incêndio