04:05 17 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Dias Toffoli toma posse como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

    Eleição para presidente do Senado será por voto secreto, determina Toffoli

    Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    915

    Por meio de decisão na madrugada deste sábado (2), o ministro Dias Toffoli do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que a eleição para a presidência do Senado será por voto secreto.

    O pleito estava marcado para a sexta-feira (1), mas foi adiado após uma sessão marcada pela confusão.

    Na Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito para o terceiro mandato como presidente da Casa.

    O senador Davi Alcolumbre, próximo do ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni (DEM), disputa o cargo com Renan Calheiros (MDB-AL). 

    Após a sessão de sexta ter decidido pela escolha do presidente por voto aberto, mais favorável a Renan, partidários do senador do MDB apresentaram recurso ao STF. 

    Toffoli acolheu o pedido, determinou a votação secreta e disse que o plenário "operou verdadeira metamorfose casuística" com o regimento, segundo trecho da decisão obtido pela Folha.

    A sessão do Senado terá início às 11 horas deste sábado. 

    Mais:

    Caso Queiroz: Bolsonaro ganhará se agir como Abraão e 'sacrificar filho', avalia analista
    Ex-assessor de Trump escolhe filho de Bolsonaro como líder de movimento mundial de direita
    Pesadelo x à deriva: 1º mês de Bolsonaro dá choque de realidade e expõe rachas no governo
    Bolsonaro deixa a UTI após cirurgia e passará a despachar de dentro do hospital
    Senador dos EUA cobra aliança Trump-Bolsonaro contra 'más intenções' de Rússia e China
    Tags:
    Supremo Tribunal Federal (STF), Renan Calheiros, Dias Toffoli
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar