10:24 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Dias Toffoli toma posse como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

    Eleição para presidente do Senado será por voto secreto, determina Toffoli

    Agência Brasil / Fabio Rodrigues Pozzebom
    Brasil
    URL curta
    915
    Nos siga no

    Por meio de decisão na madrugada deste sábado (2), o ministro Dias Toffoli do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que a eleição para a presidência do Senado será por voto secreto.

    O pleito estava marcado para a sexta-feira (1), mas foi adiado após uma sessão marcada pela confusão.

    Na Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito para o terceiro mandato como presidente da Casa.

    O senador Davi Alcolumbre, próximo do ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni (DEM), disputa o cargo com Renan Calheiros (MDB-AL). 

    Após a sessão de sexta ter decidido pela escolha do presidente por voto aberto, mais favorável a Renan, partidários do senador do MDB apresentaram recurso ao STF. 

    Toffoli acolheu o pedido, determinou a votação secreta e disse que o plenário "operou verdadeira metamorfose casuística" com o regimento, segundo trecho da decisão obtido pela Folha.

    A sessão do Senado terá início às 11 horas deste sábado. 

    Mais:

    Caso Queiroz: Bolsonaro ganhará se agir como Abraão e 'sacrificar filho', avalia analista
    Ex-assessor de Trump escolhe filho de Bolsonaro como líder de movimento mundial de direita
    Pesadelo x à deriva: 1º mês de Bolsonaro dá choque de realidade e expõe rachas no governo
    Bolsonaro deixa a UTI após cirurgia e passará a despachar de dentro do hospital
    Senador dos EUA cobra aliança Trump-Bolsonaro contra 'más intenções' de Rússia e China
    Tags:
    Supremo Tribunal Federal (STF), Renan Calheiros, Dias Toffoli
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar