14:42 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    578
    Nos siga no

    Terminou em São Paulo a cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia do presidente Jair Bolsonaro (PSL). O procedimento durou quase 9 horas e foi realizado no Hospital Albert Einstein.

    Segundo o Palácio do Planalto, a cirurgia foi realizada "com êxito" e mais informações serão divulgadas à imprensa às 17 horas. 

    O procedimento começou às 6:30 desta segunda-feira (10). Bolsonaro agora deverá passar por um processo de recuperação de 10 dias. 

    O boletim médico do Hospital Albert Einstein confirmou que a cirurgia teve uma duração total de 7 horas. A operação teria ocorrido "sem intercorrências e sem necessidade de transfusão de sangue".

    A nota informa que foi realizada uma "anastomose do íleo com o cólon transverso" — uma união do intestino delgado com o intestino grosso. 

    "No momento, o paciente encontra-se, na Unidade de Terapia Intensiva, clinicamente estável, consciente, sem dor, recebendo medidas de suporte clínico, prevenção de infecção e de trombose venosa profunda", completou o boletim médico.

    No momento, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) é o presidente em exercício e Bolsonaro deverá voltar a despachar do próprio Hospital Albert Einstein a partir de quarta-feira (30). 

    Foi montado um gabinete para acompanhar o presidente durante sua internação hospitalar. 

    Mais:

    Internado para cirurgia, Bolsonaro se diz consternado pela 'barbaridade em Brumadinho'
    Putin presta condolências a Bolsonaro pela tragédia em Brumadinho
    'Bolsonaro soube transmitir intenções do governo brasileiro em Davos', diz embaixador
    Governo Bolsonaro se tornou despachante de grupos ruralistas, diz coordenador da CPT
    Bolsonaro deu sinal verde para proposta que quer liberar porte de armas, diz jornal
    Tags:
    Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar