18:05 22 Março 2019
Ouvir Rádio
    O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro,

    Eduardo Bolsonaro sugere que oposição na Venezuela estabeleça um governo de transição

    © Foto : Paola de Orte/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    411429

    O deputado federal Eduardo Bolsonaro sugeriu pelo Twitter nesta tarde que o Parlamento venezuelano opositor a Maduro estabeleça um governo de transição. Tweet segue decisão do Grupo de Lima em não reconhecer os resultados da eleição que deu ao líder da Venezuela mais um mandato presidencial.

    O Parlamento venezuelano opositor foi deposto por Maduro no ano passado, após a convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte que incorporou a função legislativa no país. Tanto as eleições para a Constituinte quanto as que reelegeram Maduro foram boicotadas pela oposição que denunciam violações aos direitos políticos de cidadãos venezuelano, fraudes eleitorais e desigualdade de competição entre candidatos opositores e pró-governo.

    ​Na sexta, 13 países latino-americanos que formam o Grupo de Lima (Brasil incluso) decidiram não reconhecer o novo mandato de Nicolás Maduro. A Venezuela acusou o Grupo de incentivar um golpe de Estado com o apoio dos Estados Unidos e não mostrou intenção de abandonar os planos de empossar Maduro daqui a três dias (10).

    Envolvido em assuntos ligados à política internacional, Eduardo é um dos favoritos ao posto de presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara. O filho do presidente visitou os Estados Unidos e o Chile recentemente — já reeleito e na condição de "porta-voz" do pai — e é um dos críticos mais vocais à Venezuela e a um suposto "viés" nas decisões da ONU em relação a Israel.

    Tags:
    Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, ONU, Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, Grupo de Lima, Eduardo Bolsonaro, Nicolás Maduro, Caracas, Israel, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar