00:36 24 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2397
    Nos siga no

    O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) prometeu nesta segunda-feira acabar com o "lixo marxista" que, em sua opinião, predomina no sistema educacional do Brasil e que impede que a educação melhore.

    "Uma das metas para tirarmos o Brasil das piores posições nos rankings de educação do mundo é combater o lixo marxista que se instalou nas instituições de ensino", escreveu Bolsonaro em sua conta no Twitter.

    "Junto com o Ministro de Educação e outros envolvidos vamos evoluir em formar cidadãos e não mais militantes políticos", acrescentou o presidente eleito, às vésperas de sua posse nesta terça-feira.

    Indicado para ser o ministro da Educação, o colombiano naturalizado brasileiro Ricardo Vélez Rodríguez é professor de filosofia, e assim como o futuro presidente considera que a ditadura militar brasileira (1964-1985), em geral, foi um período positivo para o país.

    A posse de Bolsonaro como presidente do Brasil acontece na tarde desta terça-feira, em Brasília.

    Mais:

    Quem vem? Confira a lista de convidados internacionais da posse de Bolsonaro
    Qual será a postura do Brasil em organismos internacionais na era Bolsonaro?
    Netanyahu revela 'promessa' de Bolsonaro de levar embaixada para Jerusalém
    Tags:
    marxismo, ensino, educação, posse, Ricardo Vélez Rodríguez, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar