04:48 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados das Forças Armadas atuam no patrulhamento nas praias da zona sul do Rio de Janeiro

    Cerimônia marca fim da intervenção federal no Rio de Janeiro

    Tomaz Silva / Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    311
    Nos siga no

    Uma cerimônia, nesta quinta-feira, encerrou a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, informou o site da Globo.

    O governador em exercício, Francisco Dornelles, o interventor federal, general Braga Netto, e o ministro da Justiça, Torquato Jardim, participaram da solenidade.

    Segundo Braga Netto, a intervenção "atingiu todos os objetivos propostos".

    "Temos a convicção de que trilhamos um caminho difícil e incerto, mas cumprimos a missão", acrescentou o interventor.

    Durante a cerimônia, o governador em exercício Dornelles e o deputado estadual André Ceciliano, presidente da Alerj, entregaram a Medalha Tiradentes ao Braga Netto e Richard Nunes, secretário de Segurança.

    Oficialmente, a intervenção chega ao fim na próxima segunda-feira. Durante os 319 de regime especial, foi alcançada uma redução anual de 20% no número de roubos de carga.

    Além disso, roubos de rua, a pedestres e de veículos também foram reduzidos, em 6, 7 e 8 porcento, respectivamente. 

    Os homicídios também foram reduzidos em 6%.

    No entanto, as lesões corporais seguidas de morte (33%) e mortes por intervenção policial (38%) aumentaram no último ano. Isso, sem contar os mais de 90 policiais militares assassinados no mesmo período.

    Apesar desses números, segundo pesquisa da Datafolha, realizada em setembro, três a cada quatro eleitores no estado eram a favor da continuidade da intervenção federal.

    Até o fim do ano, as Forças Armadas pretendem gastar o total de R$ 1,2 bilhão destinados à operação no Rio de Janeiro.

    Mais:

    Intervenção Federal na Segurança Pública do Rio: grandes gastos e pouca eficiência
    O Rio ficou mais seguro com a intervenção federal? (VÍDEO)
    'Intervenção vende política de segurança, mas entrega só confronto', diz pesquisadora
    Fuzis, coletes e veículos: veja a lista de compras completa do Gabinete de Intervenção
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar