23:33 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Michel Temer, presidente de Brasil

    Procuradoria denuncia Michel Temer no inquérito que apura desvios no setor de Portos

    © REUTERS / Adriano Machado
    Brasil
    URL curta
    1100

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou nesta quarta-feira (19) o presidente da República, Michel Temer, por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro no inquérito que apurava um esquema criminoso envolvendo o setor de portos.

    Em outubro, a Polícia Federal (PF) disse ao Supremo Tribunal Federal (STF) ter encontrado indícios que Temer e mais dez pessoas fizeram parte de um suposto esquema feito para favorecer empresas em um decreto sobre o setor portuário.

    Os investigadores nomearam a empresa Rodrimar como uma das companhias responsáveis pelo pagamento de propina a Temer por meio de outras cinco empresas.

    Na decisão, Raquel Dodge pede a condenação de Temer por corrupção e lavagem de dinheiro.

    A procuradora também denunciou outras cinco pessoas, entre elas, o ex-assessor especial da Presidência da República, Rodrigo Rocha Loures e o amigo do presidente, o coronel aposentado da Polícia Militar, João Baptista Lima Filho.

    Além da prisão dos condenados, a PGR pede que todos sejam condenados a pagar uma indenização por danos morais de R$ 32,6 milhões, soma dos valores desviados.

    Tags:
    lavagem de dinheiro, denúncia, corrupção, Michel Temer, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar