11:19 18 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Uma mulher venezuelana fala com o soldado brasileiro que inspeciona malas na fronteira de Pacaraíma, em Roraima, um dos principais pontos de entrada de imigrantes venezuelanos no Brasil.

    Interventor vai restringir entrada de venezuelanos no Brasil

    © AP Photo / Eraldo Peres
    Brasil
    URL curta
    271

    O governador eleito Antonio Denarium (PSL), nomeado pelo presidente Michel Temer como interventor federal em Roraima, pretende restringir entrada de venezuelanos no Brasil.

    Neste domingo, o político concedeu uma entrevista à Globonews e anunciou os primeiros passos de sua atividade no estado. 

    "Nós vamos fazer um trabalho junto com o governo federal de restringir a entrada dos venezuelanos no Brasil e vamos fazer também um trabalho de interiorização dos venezuelanos para outros estados do Brasil", disse Denarium.

    A intervenção foi aprovada pelo governo e tem início nesta segunda-feira, com sua publicação no Diário Oficial. A medida ficará em vigor até, pelo menos, dia 31 de dezembro do ano corrente. Dessa forma, a atual governadora do estado, Suely Campos (PP), será afastada.

    Denarium é aliado do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Em sua campanha, o político adotou um tom mais duro e defendeu mais rigor na fronteira, por exemplo, tornando obrigatória a exigência de antecedentes criminais para os venezuelanos.

    "O povo brasileiro e o povo roraimense são acolhedores. Roraima tem pouco mais de 500 mil de habitantes e a Venezuela 30 milhões de habitantes. Nós não temos estrutura, não temos como atender tantos venezuelanos", declarou o político.

    "Com a intervenção, nós estaremos reunidos em Brasília na terça-feira com o presidente Michel Temer, onde nós vamos apresentar as demandas do estado de Roraima. É muito importante lembrar que nós temos que colocar em dia a folha de pagamento dos servidores, temos que resolver problemas uregentes na educação e na saúde, que estão vivendo um caos", afirmou.

    Mais:

    Como funciona o atendimento aos venezuelanos que fogem para o Brasil?
    Equador precisa de US$ 550 milhões para ajudar imigrantes venezuelanos
    Temer assina intervenção em Roraima na segunda-feira
    IBGE: PIB do estado de Roraima foi o único que cresceu em 2016
    Exército põe em fuga garimpeiros ilegais em Roraima
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar