17:27 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 22
    Nos siga no

    Os conselhos da República e de Defesa Nacional concordaram com a intervenção federal em Roraima.

    O interventor será o governador eleito de Roraima, Antonio Denarium (PSL), que ficará subordinado a Temer. A atual governadora, Suely Campos (PP), será afastada.

    Temer indicou dois secretários para o governo de intervenção: o general Eduardo Pazuello para secretário da Fazenda, e Paulo Costa, para secretário da Segurança Pública

    A intervenção federal terá efeiro até 31 de dezembro. Em 1º de janeiro, se inicia o mandato de quatro anos de Denarium.

    Temer assinará o decreto de intervenção na segunda-feira e o enviará para o Congresso Nacional.

    O senador Romero Jucá (MDB-RR), líder do governo no Senado, afirmou que a intenção é que Câmara e Senado votem a matéria já na segunda-feira (10). "Se não for votada na segunda-feira, forçosamente será votada na terça-feira. Mas o ideal é que já vote na segunda-feira para liberar a pauta", declarou.

    Roraima enfrenta uma crise no sistema prisional e outra com a chegada de venezuelanos ao estado.

    Mais:

    IBGE: PIB do estado de Roraima foi o único que cresceu em 2016
    Exército põe em fuga garimpeiros ilegais em Roraima
    Exército permanece em Roraima até dezembro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar