17:40 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Jair Bolsonaro cumprimenta apoiadores na saída de sua casa, na Barra da Tijuca, zona oeste da capital fluminense

    Bolsonaro volta a atacar 'indústria das multas' ambientais

    © Foto: Tomaz Silva/Ag. Brasil
    Brasil
    URL curta
    1046

    Bolsonaro desembarcou em São Paulo para assistir ao jogo do Palmeiras.

    O presidente eleito, Jair Bolsonaro, voltou a atacar as multas ambientais. Para o político, uma "indústria de multas" no setor ambiental atua da mesma forma que "a que existe no asfalto", em referência aos radares nas estradas.

    "O governo é especialista em perseguir quem trabalha no Brasil", disse Bolsonaro. Ele acrescentou que "o Brasil é o país que mais preserva o meio ambiente". No entanto, alguns fiscais ambientais abusam de sua autoridade. 

    "Esse pessoal vai deixar de trabalhar dessa forma", assegurou.

    Bolsonaro também disse neste domingo que espera decidir o nome para chefiar o Ministério do Meio Ambiente ainda esta semana. 

    Bolsonaro conversou com jornalistas no Rio de Janeiro, na porta do avião em que embarcou para São Paulo, onde assistirá à partida de futebol entre Palmeiras e Vitória, no Estádio Allianz Parque.

    "[Nossa agenda] Continua. A gente espera que se resolva a questão do Ministério do Meio Ambiente. E, daí, fechou a questão", garantiu Bolsonaro. 

    Até o momento, 20 ministros já foram escolhidos, informou Agência Brasil.

    Mais:

    Desafio para Bolsonaro: Brasil pode ter entrada de US$ 30 bilhões com partilha do petróleo
    Bolsonaro não vai prorrogar decreto de intervenção no Rio de Janeiro
    Especialistas: Visita de Bolton a Bolsonaro denota aproximação inédita entre EUA e Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik