00:23 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Jair Bolsonaro coloca seu voto no segundo turno das presidenciais no Brasil, em 28 de outubro de 2018

    Bolsonaro cancela reuniões no Congresso Nacional

    © REUTERS / Ricardo Moraes/Pool
    Brasil
    URL curta
    1082

    Segundo a assessoria da equipe de transição, o presidente eleito Jair Bolsonaro cancelou as reuniões que teria na próxima terça-feira (13) com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, em Brasília.

    Nesta terça-feira, Bolsonaro decola do Aeroporto do Galeão às 7h com destino a Brasília. O presidente eleito se deve se reunir com a equipe de transição no Centro Cultural Banco do Brasil. Inicialmente, estava prevista a visita ao Congresso Nacional. O motivo do cancelamento da agenda atnerior não foi informado. 

    Na semana passada, o Congresso aprovou um reajuste de 16% para os salários de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e da procuradora-geral da República. O aumento pode ter impacto de até R$ 6 bilhões nas contas públicas. Bolsonaro classificou o reajuste como "inoportuno". 

    O futuro governo também negocia, ainda este ano, mudanças nas regras da Previdência Social.

    O restante da agenda de Bolsonaro em Brasília está mantido. 

    Na terça-feira à tarde ele terá uma série de reuniões com a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, com o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Batista Brito Pereira e com o presidente do Superior Tribunal Militar (STM), ministro José Coelho Ferreira, informou Agência Brasil.

    Mais:

    CNJ apura ida de Moro para ministério de Bolsonaro
    Bolsonaro critica Enem e diz que vai verificar prova com antecedência em 2019
    Diplomacia 'imprudente' de Bolsonaro pode custar caro ao Brasil, diz cientista político
    Bolsonaro: empresários afirmam que é preciso escolher entre 'direitos' e 'emprego'
    O que está em jogo na relação do governo Bolsonaro com a China?
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik