02:01 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Candidato a vice-presidente pelo PT, Fernando Haddad posa para foto com máscara do ex-presidente Lula em Brasília

    Haddad articulará oposição para barrar Reforma da Previdência

    © Foto: Ricardo Stuckert
    Brasil
    URL curta
    9107

    A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), disse nesta terça-feira que Fernando Haddad, derrotado nas eleições, será o articulador de uma frente de oposição ao governo Jair Bolsonaro (PSL), informou Agência Brasil.

    "O Fernando Haddad, no nosso entender, tem um papel muito relevante nesse processo, um papel maior do que o PT porque ele sai depositário da esperança do povo e da luta pela democracia de diversos setores da sociedade", declarou a senadora.

    Hoffman conversou com jornalistas depois da primeira reunião de avaliação do Diretório Nacional do PT após as eleições. 

    "O PT dará todas as condições para que Fernando Haddad possa exercer esse papel de articulador junto com outras lideranças sociais e de partidos políticos para consolidar essa frente de resistência", destacou ela.

    A grande bandeira do PT este ano, segundo Gleisi, vai ser o combate contra a aprovação da Reforma da Previdência. Ela garantiu a formação de uma "frente de resistência pela democracia e pelos direitos do povo frente ao governo que está prestes a tomar posse”.

    Bolsonaro já declarou em entrevistas que tentará agilizar o processo de discussão e votação da Reforma da Previdência. De acordo com a senadora, a primeira resistência será às ações conjuntas de Temer e Bolsonaro.

    Mais:

    Haddad explica por que demorou para cumprimentar Bolsonaro pela vitória
    Bolsonaro agradece mensagem de Haddad
    Haddad deseja sucesso a Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik