13:47 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Ato em defesa de Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro

    Bolsonaro desiste de participar de debate na Globo

    © Sputnik / Thales Schmidt
    Brasil
    URL curta
    331311

    Bolsonaro recebeu hoje, em sua casa na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, os médicos que o operaram. O cirurgião do hospital paulista Albert Einstein, Antônio Luiz Bonsucesso Macedo, e o clínico cardiologista, Leandro Echenique, recomendaram que o candidato não participe do evento da Globo.

    Segundo eles disseram ao G1, o candidato teria demonstrado vontade de participar do debate, mas que não costuma desrespeitar recomendações médicas. Eles ainda acrescentaram que o candidato deve evitar quaisquer atividades que exijam falar por mais de 10 minutos ou se esforçar por mais de 15. O debate da Rede Globo é o último na TV aberta e será realizado na quinta-feira (4).

    Impedido de fazer campanha nas ruas, o candidato do PSL fez uma entrada ao vivo no Facebook na terça-feira (2). Ele também deu entrevistas, quando ainda estava internado, à rádio Jovem Pan e também à TV Bandeirantes. Além disso, se mantém ativo nas redes sociais. Segundo o UOL, ele fará uma transmissão ao vivo durante o debate na Globo.

    Sua última postagem em sua conta no Twitter foi feita na manhã de hoje:

    ​Jair Bolsonaro foi esfaqueado no dia 6 de setembro durante um ato de campanha em Juiz de Fora-MG. Ele teve alta do Hospital Albert Einstein no dia 30 de setembro, após três semanas internado. Bolsonaro foi operado na Santa Casa em Minas Gerais e transferido para o São Paulo no dia seguinte.

    A candidatura do capitão reformado ganhou força no início desta semana após a divulgação de novas pesquisas de intenção de voto. Nelas, Bolsonaro subiu e ampliou a distância contra Fernando Haddad (PT). No DataFola, Bolsonaro subiu 4 pontos e chegou aos 32%, contra 21% de Haddad. Já no Ibope, o candidato do PSL chegou a 31%, subindo também 4 pontos, enquanto Haddad manteve 21%.

    Mais:

    MPF denuncia agressor de Bolsonaro por atentado pessoal por inconformismo político
    Haddad tem rejeição maior do que a de Bolsonaro no Sul, Centro-Oeste e Sudeste
    Vice de Bolsonaro propõe aumento salarial para acabar com 13º
    Bancada ruralista formaliza apoio a Bolsonaro
    IBOPE: Bolsonaro cresce e atinge 31% das intenções de voto seguido por Haddad com 21%
    Tags:
    eleições 2018, Partido Social Liberal (PSL), Twitter, Ibope, Facebook, Datafolha, Jair Bolsonaro, Fernando Haddad, Juiz de Fora, Minas Gerais, São Paulo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik