08:17 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Sessão de orientações sobre o uso correto da urna eletrônica e a importância do voto.

    TSE suspende propagandas do PT com imagem de Lula

    © Foto : Elza Fiúza/ABr
    Brasil
    URL curta
    465

    O ministro Sergio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), suspendeu as propagandas do PT na televisão que, em seu entendimento, confundem o eleitor por não explicar que o ex-presidente Lula não é o candidato.

    O magistrado atendeu assim o pedido de liminar aperesentado pelo Partido Novo e estipulou multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento, informou Agência Brasil.

    A propaganda em questão era um vídeo de 30 segundos veiculado na TV. As imagens do Lula aparecem no ínício e, em seguida, o vice da chapa, Fernando Haddad, diz que quer “trazer o Brasil de Lula de volta”.

    Segundo o ministro do TSE, os argumentos do partido Novo procedem e propaganda possui a intenção de confundir o eleitor, fazendo parecer que Lula continua candidato a presidente, em descumprimento da decisão do TSE que proibiu o ex-presidente de participar do pleito.

    “Ao tempo em que a propaganda inicia-se com uma fala de Luiz Inácio Lula da Silva fazendo menção aos seus anos de governo, prossegue com a de Fernando Haddad não explicitando a sua condição de vice, nem sequer na legenda, mas, noutro passo, enaltecendo o governo Lula, prometendo trazer aos cidadãos o “Brasil de Lula de Volta”, sem esclarecer, como deveria, que Luiz Inácio Lula da Silva, por decisão do TSE, não pode ser candidato à Presidência da República”, escreveu o ministro.

    Esta já é a terceira decisão do TSE suspendendo propagandas do PT com imagem de Lula.

    Mais:

    Ex-presidente do Chile no comando dos Direitos Humanos na ONU pode ajudar Lula?
    Evo Morales critica veto à candidatura de Lula nas eleições do Brasil
    Judiciário vive semana vergonhosa, diz PT em nota sobre Lula
    Lula não será candidato, decide TSE
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik