07:05 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Polícia local bloqueia acesso ao prédio do Museu Nacional no Rio de Janeiro atingido por incêndio

    Ato de apoio ao Museu Nacional é recebido com bombas e spray de pimenta

    © AFP 2018 / Carl De Souza
    Brasil
    URL curta
    Incêndio devora Museu Nacional do Brasil (15)
    332

    Protesto de apoio ao Museu Nacional reuniu professores, estudantes e pesquisadores na Quinta da Boa Vista nesta nesta segunda-feira (3) e foi marcado por lágrimas de lamento pela tragédia e confusão com Guarda Municipal.

    Em manifestação realizada nesta segunda-feira (3) na Quinta da Boa Vista em apoio ao Museu Nacional, houve confusão entre manifestantes e as forças policias, que utilizaram bombas de efeito moral e spray de pimenta para dispersar o protesto. 

    Centenas de pessoas se reuniram na entrada Quinta da Boa Vista, onde fica o Museu Nacional, lamentando o trágico incêndio que atingiu a instituição na noite de domingo (2). 

    ​Formado principalmente por estudantes, professores e pesquisadores, o grupo de manifestantes tentou entrar pelos portões do local, isolado pela polícia, e foi atingido com bombas de efeito moral, spray de pimenta e cassetetes pelas forças policiais. 

    ​​​O incêndio começou após o fechamento do museu aos visitantes no último domingo (2), por volta das 19h30. O museu fica localizado na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, Zona Norte da capital fluminense e comemorou 200 anos em 2018. Fundado por João VI, o acervo do museu contava com mais de 20 milhões de itens. 

    Tema:
    Incêndio devora Museu Nacional do Brasil (15)

    Mais:

    Crivella fala em 'recompor' Museu Nacional e é detonado nas redes
    Faltou água para apagar incêndio no Museu Nacional
    Atos são convocados para protestar contra incêndio do Museu Nacional
    Temer: incêndio do Museu Nacional provocou perda 'incalculável'
    Tags:
    fogo, protesto, incêndio, Museu Nacional, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik