00:53 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin

    Geraldo Alckmin é entrevistado no Jornal Nacional

    Eduardo Saraiva/ A2IMG/FotosPúblicas
    Brasil
    URL curta
    425
    Nos siga no

    Dando sequência às entrevistas com os presidenciáveis, o Jornal Nacional, da TV Globo, entrevista nesta quarta-feira (29) o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

    O Jornal Nacional está entrevistando os principais candidatos ao cargo máximo da República. As entrevistas tiveram início na segunda-feira (27) com o candidato Ciro Gomes (PDT). A entrevista com Ciro chegou a ser um dos assuntos mais comentados do mundo no ranking de termos da rede social Twitter, o que se repetiu com Jair Bolsonaro (PSL) na terça-feira (28).

    Diante dos âncoras Renata Vasconcellos e William Bonner, as entrevistas têm tido em média 30 minutos de duração.

    Alckmin já foi eleito 3 vezes governador do estado de São Paulo e tenta pela segunda vez eleger-se presidente do Brasil. Na primeira tentativa, em 2006, foi ao segundo turno e perdeu a eleição para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que na ocasião foi reeleito presidente do Brasil.

    Caso vença, Alckmin daria ao PSDB o terceiro mandato presidencial de sua história, atrás apenas do PT. O PSDB governo o Brasil anteriormente sob a liderança de Fernando Henrique Cardoso, eleito em 1994 e reeleito em 1998.

    Ordenar as mensagens
    • 20:35

      Considerações finais

      Da mesma forma como foi realizado com outros entrevistados, o final da entrevista reservou espaço para que Alckmin se dirigisse aos espectadores para dizer o que pretende para o país.

      O ex-governador de São Paulo focou na palavra "oportunidade", dizendo que seu governo oferecerá, caso eleito, "oportunidade para todos". "O Brasil tem pressa" segundo ele, e "precisa mudar". Para tal, Alckmin aposta na implementação de reformas para "o Brasil voltar a ser um país de oportunidade para todos".

    • 20:32

      Saúde Pública

      Renata Vasconcellos e William Bonner interpelam o ex-governador de São Paulo acerca des projetos de Saúde Pública no estado, dando ênfase às parcerias público-privadas das Organizações Sociais (OS's) e apontando problemas de fiscalização na ação dessas instituições.

      Alckmin reafirma que São Paulo seria um exemplo a ser seguido, citando a entrega de hospitais no estado. Ele também sinaliza que pretende levar o modelo de parcerias público-privadas para seu possível mandato enquanto presidente.

    • 20:29

      Moradia e Déficit Habitacional

      Os jornalistas da bancada do Jornal Nacional afirmam que o Déficit Habitacional paulista subiu, com mais pessoas sem-teto no estado durante o governo do PSDB.

      Alckmin novamente cita obras de seu governo e afirma que o estado é o único a investir parte do dinheiro arrecadado em obras de habitação popular.

    • 20:27

      Mobilidade urbana e atraso em obras

      William Bonner afirma que as obras de mobilidade urbana no estado de São Paulo durante o governo do PSDB são marcadas pelo atraso na entrega, como no caso do Rodoanel e do Metrô paulista.

      Alckmin despista e cita números de entregas de obras que serão feitas este ano no estado e, reafirmando dados que ressaltam a liderança do estado em relação ao Brasil.

    • 20:23

      Violência e PCC

      Renata Vasconcellos questiona Alckmin acerca da existência e da propagação do que chamou de "maior facção criminosa do Brasil", em referência ao Primeiro Comando da Capital (PCC), que surgiu em São Paulo nos anos 1990. Ela enfatiza que há especialistas que afirmam que a queda de homicídios no estado de São Paulo está relacionada à ação do grupo criminoso.

      Alckmin nega que o comando da facção criminosa continuou de dentro da cadeia e afirma que a queda no número de homicídios é responsabilidade do governo do estado de São Paulo, além de apontar que acredita ser absurda a afirmação de participação do facção na diminuição de mortes violentas no estado que governou. Alckmin também afirmou que a polícia do estado de São Paulo é a melhor polícia do Brasil.

    • 20:19

      Corrupção no Rodoanel

      William Bonner cita o caso de suspeita de corrupção do ex-secretário estadual de Alckmin, Laurence Casagrande, e pressiona o ex-governador de São Paulo questionando se seu discurso contra a corrupção é coerente diante de sua defesa sobre seu ex-secretário.

      Alckmin repetiu que acredita que Casagrande está sendo injustiçado e que ele provará sua inocência em relação às acusações de corrupção na Dersa em projetos do Rodoanel, obra viária paulista.

       

    • 20:13

      Confira a entrevista de Bolsonaro no Jornal Nacional

      Jair Bolsonaro na convenção do PSL.

      Bolsonaro frente a frente com a bancada do Jornal Nacional

      Nesta terça-feira (28), o Jornal Nacional da TV Globo entrevista o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL). Líder nas pesquisas de intenção de voto sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o deputado federal pelo Rio de Janeiro é um dos favoritos na corrida presidencial deste ano.
      Mostrar mais

    Mais:

    Geraldo Alckmin é sabatinado pela Rede Record nesta segunda-feira
    Em convenções partidárias, Marina e Alckmin são confirmados candidatos à Presidência
    Eleições 2018: bate-boca no Twitter aquece briga entre Bolsonaro e Alckmin na direita
    Em aceno a eleitores de Bolsonaro, Alckmin volta a prometer armas no campo
    Tags:
    eleições 2018, PT, PSDB, PDT, Partido Social Liberal (PSL), Rede Globo, Ciro Gomes, William Bonner, Renata Vasconcellos, Jair Bolsonaro, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Geraldo Alckmin, São Paulo, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar