01:47 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Lula acena para a miltância no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo

    Com manifestação, candidatura de Lula será registrada nesta quarta-feira (15)

    CC0 / Júlia Dolce/Brasil de Fato
    Brasil
    URL curta
    362

    Nesta quarta-feira (15), o Partido dos Trabalhadores (PT) registrará a candidatura oficial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República. O ato de inscrição deve acontecer às 16h no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de Brasília. Milhares de pessoas são esperadas para participar de uma manifestação antes do registro.

    A marcha dos manifestantes deverá ocorrer na Esplanada do Ministérios e reunirá pessoas de diversas regiões do país. O ato é esperado para acontecer às 15h30, meia hora antes do registro da candidatura no TSE.

    Na terça-feira (14) o argentino Adolfo Pérez Esquivel, prêmio Nobel da Paz em 1980, acompanhado de artistas e juristas, foi recebido pela presidente do Superior Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia. O grupo pediu à presidente o reconhecimento da candidatura de Lula.

    Ainda na mesma data, um ato inter-religioso foi realizado em frente ao Supremo com parlamentares do PT e também as 7 pessoas que mantém uma greve de fome em frente ao local desde o dia 31 de julho, reivindicando a liberdade de Lula. Foi entregue ao STF também um documento com mais 300 mil assinaturas com o mesmo pedido.

    O dia recebeu debates e a fundação do grupo Somos Uma Ideia, formado por 12 mulheres da França, Alemanha, Espanha, Portugal e Brasil, conforme divulgado pelo Comitê Popular Em Defesa de Lula e da Democracia.

    Lula permanece preso em uma cela especial na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Na semana passada sua chapa foi oficializada pelo PT com nome de Fernando Haddad como candidato a vice-presidente.

    A expectativa maior é a de que o TSE não valide a candidatura de Lula, o que faria de Fernando Haddad o candidato do PT ao lado de Manuela D'Ávila (PCdoB) como vice.

    Mais:

    Juristas e advogados europeus escrevem carta para Cármen Lúcia pedindo a liberdade de Lula
    Juíza não autoriza participação de Lula em debate na TV
    Lula desiste de recurso no STF
    PT confirma Fernando Haddad como vice de Lula e fecha aliança com PCdoB
    Por aclamação, Lula é oficializado candidato à presidência pelo PT
    Tags:
    eleições 2018, prisão de lula, PCdoB, TSE, STF, PT, Manuela D'Ávila, Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Haddad, Curitiba, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik