22:15 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Lula da Silva recebe um abraço durante ato com Partido dos Trabalhadores no Rio de Janeiro em 2 de abril de 2018

    STF rejeita pedido de Lula para afastar Moro do processo sobre sítio

    © AP Photo / Leo Correa
    Brasil
    URL curta
    317

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli decidiu nesta sexta-feira não analisar pedido feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que a ação penal sobre o sítio em Atibaia (SP) seja retirada do juiz federal Sergio Moro.

    Os advogados pediram que o ministro reconsiderasse sua decisão que negou o mesmo pedido no dia 3 de maio. Ao analisar novamente a questão, Toffoli entendeu que a defesa perdeu prazo de 15 dias para questionar a liminar.

    Antes da decisão do ministro, a procuradora-geral da República (PGR), Raquel Dodge, enviou parecer ao Supremo para defender a competência de Moro para julgar o caso.

    Segundo a procuradora, o caso deve continuar sob o comando do Moro por se tratar das suspeitas de que as benfeitorias feitas na propriedade foram financiadas pelas empreiteiras OAS e Odebrecht com recursos desviados da Petrobras. Para a procuradora, as suspeitas estão inseridas nas investigações da Operação Lava Jato. 

    A defesa de Lula sustenta que a propriedade era frequentada pela família do ex-presidente, mas ele não é proprietário do sítio.

    Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril, por determinação do juiz Sérgio Moro, que ordenou a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em outro processo, o caso do tríplex em Guarujá (SP). A prisão foi executada com base na decisão do STF que autorizou prisões após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça, informou Agência Brasil.

    Mais:

    Manuela D'Ávila será vice de Lula e Haddad o substituto se necessário, diz agência
    PGR defende que prisão de Lula seja mantida
    Grupo inicia greve de fome pela liberdade de Lula: 'responsabilidade é do STF'
    Festival Lula Livre reúne 80 mil no Rio de Janeiro
    Ministro do STF nega habeas corpus protocolado a favor de Lula
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik