16:42 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Janaína Paschoal, advogada da acusação no processo de impeachment de Dilma Rousseff

    Janaína Paschoal pode ser anunciada vice de Bolsonaro já no domingo

    Edilson Rodrigues/Agência Senado
    Brasil
    URL curta
    101111

    Informações divulgadas pelo jornal O Globo afirmam que Janaína Paschoal tem conversado com Jair Bolsonaro (PSL) e viaja ao Rio de Janeiro no sábado (21).

    A própria Janaína Paschoal teria informado a possibilidade ao jornal, contando a repórteres que tem mantido conversas com Jair Bolsonaro.

    O encontro marcado para sábado (21) será o primeiro entre os dois. Caso as conversas avancem, a parceria entre eles dois como chapa pode ser anunciada já no domingo (22).

    Janaína Paschoal tornou-se conhecida após assinar o pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

    Janaína se filiou ao partido de Bolsonaro, o PSL, ainda em abril. Ela recebeu uma oferta de ser candidata a governadora de São Paulo, mas recusou. A advogada estaria estudando também a possibilidade de se tornar deputada estadual.

    Bolsonaro tem tido problemas para conseguir o vice em sua chapa para presidente. Já recusaram a oferta o senador Magno Malta (PR-ES) e o general Augusto Heleno (PRP).

    Mais:

    Bolsonaro quer ampliar eleitorado ao adotar discurso liberal na economia, diz professor
    Ida de Bolsonaro ao Araguaia é provocação, diz familiar de desaparecidos
    Bolsonaro contraria certidão de óbito de Herzog e diz que sua morte pode ter sido suicídio
    Em aceno a eleitores de Bolsonaro, Alckmin volta a prometer armas no campo
    Evo Morales: relações com Brasil serão diferentes se Bolsonaro vencer eleições
    Janaina Paschoal declara voto em Bolsonaro
    Tags:
    eleições 2018, PRP, Partido Social Liberal (PSL), O Globo, PR, PT, Augusto Heleno, Magno Malta, Jair Bolsonaro, Janaína Paschoal, Dilma Rousseff, São Paulo, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik