18:04 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Marcelo Crivella (PRB)

    Marcelo Crivella abre guerra contra a Globo: 'Inimiga jurada do povo evangélico'

    © AFP 2018 / YASUYOSHI CHIBA
    Brasil
    URL curta
    321818

    O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella participou do programa "SBT Rio" para tentar justificar denúncia de que realizou reunião secreta com pastores evangélicos e ofereceu prioridade em cirurgias de catarata e isenção de IPTU. O encontro, realizado durante a última quinta-feira, foi denunciado pelo jornal O Globo.

    A reunião, chamada de "Café da Comunhão", foi marcada pelo Whatsapp em nome do presidente nacional do Conselho de Bispos Pastores e Líderes Evangélicos, Levi Araújo e do prefeito Marcelo Crivella. Na mensagem enviada a pastores e líderes de igreja, os organizadores pedem que as reclamações sejam levadas por escrito junto com a relação das igrejas e respectivo número de membros.

    Rio muros
    Marcelo Horn/GERJ/Fotos Públicas
    Em áudio gravado por repórter infiltrado no encontro, Crivella faz uma série de promessas. O prefeito se oferece para instalar sinal de trânsito, quebra-molas e ponto de ônibus perto das igrejas. Ele também sugere prioridades para fieis dos pastores representados no evento em cirurgias de catarata, vasectomia e remoção de varizes.

    "Nós temos que aproveitar que Deus nos deu a oportunidade de estar na prefeitura para esses processos andarem. Temos que dar um fim nisso […]. Vamos aproveitar esse tempo que nós estamos na prefeitura para arrumar nossas igrejas. Se vocês quiserem fazer eventos no Parque Madureira, está aqui o nosso líder, que é o doutor Valmir”, teria dito Crivella, conforme citado pela reportagem do jornal.

    Ao SBT, o prefeito desviou das acusações sobre o suposto favorecimento de evangélicos em serviços públicos. Crivella culpou a rede Globo pela "mentira" e classificou a emissora como "inimiga pública do povo evangélico".

    "Todo mundo sabe e eu declaro isso aqui que a Globo é inimiga jurada dos evangélicos. A Globo é contra a família, a Globo é a favor do aborto, tem toda uma agenda que contraria os princípios cristãos, católicos e evangélicos. Quando há uma reunião de pastores, que é uma coisa normal (…), ela lança lá um repórter que começa a inventar mentiras. É tudo mentira, mais uma vez a rede Globo de Televisão perde a credibilidade com informações que são absolutamente falsas (…). A Globo defende o outro tipo de família, defende o aborto, o incesto e coisas desse tipo, propaga isso em suas novelas, adultério… Sempre que há qualquer cristão envolvido em qualquer canto do país, vai ter sempre uma visão contrária, uma opinião negativa e o que ele fizer, a priori, já é considerado errado", defendeu.

    O prefeito disse ainda que a fila de catarata "está vazia" e que 30% dos agendados não comparecem à cirurgia por terem falecido, mudado de estado por já terem feito o procedimento. Seja a Globo culpada ou não, o prefeito deve enfrentar uma verdadeira batalha assim que terminar o recesso parlamentar. Isso porque foram protocolados hoje três pedidos de impeachment contra Crivella: um do vereador Átila Nunes (MDB), o segundo pelo deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) e outro pela Associação de Servidores do Município, que reúne funcionários da Prefeitura do Rio.

    Tags:
    IPTU, Café da Comunhão, Associação de Servidores do Município, Conselho de Bispos Pastores e Líderes Evangélicos, MDB, Jornal O Globo, Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Rede Globo, PSOL, Prefeitura do Rio de Janeiro, Átila Nunes, Levi Araújo, Marcelo Crivella, Marcelo Freixo, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik