06:40 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Ato no plenário da Câmara Federal em repúdio ao assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL-RJ, e de seu motorista, Anderson Gomes

    Preso suspeito de envolvimento no caso Marielle Franco

    PSOL
    Brasil
    URL curta
    261

    O suspeito Thiago Bruno Mendonça, conhecido como Thiago Macaco, foi preso pelos policiais da Delegacia de Homicídios da Capital na tarde desta quarta-feira (30).

    Thiago foi preso dentro de uma loja no Shopping Nova América, em Del Castilho, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A informação foi divulgada por meio de nota oficial da Polícia Civil.

    O suspeito é acusado de matar Carlos Alexandre Pereira Maria, o Cabeça, tido como colaborador do vereador Marcelo Siciliano (PHS). Carlos Alexandre foi morto no dia 8 de abril.

    Thiago Bruno Mendonça foi citado em depoimento de uma testemunha considerada chave para a investigação da morte de Marielle Franco.

    A vereadora do PSOL foi morta junto com seu motorista, Anderson Gomes, no dia 14 de março, quando voltavam de um evento no na região central do Rio de Janeiro.

    A testemunha ouvida pela polícia aponta que Thiago seria ligado ao chefe da milícia de Boiúna, atualmente preso, e ambos teriam participado do assassinato da vereadora. A testemunha também afirma que Thiago teria clonado um dos carros utilizados pelos assassinos na noite do crime.

    Outro suspeito foi preso pela polícia no dia 19 deste mês e a polícia agora procura Ruy Ribeiro Bastos, suspeitos de executar o crime. As investigações continuam e apuram ainda se o crime teve mais participantes.

    Mais:

    Na Argentina, 'Lula Livre' e Marielle Franco levam milhares a festival
    23 anos das chacinas de Nova Brasília, 2 meses da morte de Marielle: o que mudou?
    OEA quer explicações sobre execução de Marielle Franco
    Policiais estavam em carro usado no assassinato de Marielle Franco, diz jornal
    Vereador e miliciano queriam morte de Marielle, diz delator
    Câmera que monitorava local do assassinato de Marielle foi desligada na véspera do crime
    Projetos de Marielle Franco são aprovados em primeira votação no Rio
    Tags:
    Assassinato de Marielle Franco, Anderson Gomes, Thiago Bruno Mendonça, Carlos Alexandre Pereira Maria, Marielle Franco, Boiúna, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik