16:42 10 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Greve dos caminhoneiros paralisa o Brasil (37)
    7100
    Nos siga no

    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ao blogueiro Josias de Souza, que o uso das Forças Armadas por Temer é "coisa de governo fraco".

    Ele se referia ao uso das Forças Armadas autorizado pelo governo federal para deter os bloqueios de estradas após 5 dias de manifestação dos caminhoneiros.

    O decreto de Temer aponta que as Forças Armadas poderão intervir nas estradas para retirar os bloqueios dos caminhoneiros em estradas federais, estaduais e municipais até o dia 4 de junho.

    Feirantes de Brasília fecham a EPIA Norte, em frente ao CEASA, em protesto de apoio à paralisação dos caminhoneiros
    © Foto / Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
    Para Rodrigo Maia, no entanto, a decisão "foi errada". Segundo ele, a decisão ratificada por Alexandre de Moraeis, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF, já seria o suficiente.

    A decisão do ministro permitiu, a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) o uso da força para desbloquear as estradas, limitando-se à ação da Polícia Rodoviária Federal, Polícias Militares e Forca Nacional de Segurança..

    Maia afirmou ainda que as Forças Armadas servem para situações extremas mas que Temer "parece gostar do simbolismo".

    Neste sábado (26), o protesto completou 6 dias de paralisação em todo o Brasil. O movimento exige redução nos preços dos combustíveis através de cortes de impostos.

    Tema:
    Greve dos caminhoneiros paralisa o Brasil (37)

    Mais:

    Greve dos caminhoneiros de 99 a 2018: mesma pauta, mesmo ministro, mesma apatia
    Policia Federal investiga se há prática criminosa em paralisação de caminhoneiros
    Greve dos caminhoneiros: prefeitura de São Paulo decreta estado de emergência
    Temer anuncia uso de Forças Armadas para desobstruir rodovias bloqueadas por caminhoneiros
    Tags:
    greve de caminhoneiros, Forças Armadas, Força Nacional de Segurança, Polícia Rodoviária Federal do Brasil, Advocacia-Geral da União, AGU, Josias de Souza, Alexandre de Moares, Michel Temer, Rodrigo Maia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar