03:07 18 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Manifestação de caminhoneiros no Rio de Janeiro como parte de mobilização nacional da categoria contra os preços altos dos combustíveis no Brasil.

    Petrobras anuncia redução temporária no preço do diesel

    © Sputnik / Solon Neto
    Brasil
    URL curta
    Greve dos caminhoneiros paralisa o Brasil (37)
    101

    Pedro Parente, presidente da Petrobras, anunciou na noite desta quarta-feira (23) a redução temporária do preço do diesel em 10%. O anúncio tem como pano de fundo a greve dos caminhoneiros, que já dura 3 dias.

    A greve dos caminhoneiros se posiciona contra a escalada de preços de combustíveis no país, e através de uma mobilização nacional da categoria, tem causado desabastecimento e paralisação de atividade industrial em alguns estados.

    ​A medida temporária da Petrobras está determinada a ter uma duração de 15 dias. A informação divulgada pela estatal aponta que o preço médio do litro do diesel nas refinarias e terminais deve ser praticado a R$ 2,1016 sem tributos. Após o término do prazo, a política de preços da empresa será retomada gradualmente.

    Na prática a redução impactará em cerca de R$ 0,2335 por litro do combustível, o que ainda não satisfaz as aspirações da Abcam, Associação dos Caminhoneiros, que quer uma queda entre R$ 0,40 e R$ 0,60 por litro.

    Apesar da posição da empresa apresentar uma mudança, o presidente da estatal, Pedro Parente, afirma que isso não é uma mudança na política de preços da empresa. Ele tem sido enfático nesse posicionamento, recusando-se a admitir o que chamou anteriormente de "ingerências" na política de preços da empresa.

    Tema:
    Greve dos caminhoneiros paralisa o Brasil (37)

    Mais:

    Greve dos caminhoneiros repercute nas redes: Desabastecimento, desperdício e vias fechadas
    Greve de caminhoneiros continua em 23 estados do Brasil
    Manifestação de caminhoneiros causa transtorno em rodovias de todo o Brasil
    Caminhoneiros protestam nas estradas contra o aumento de impostos sobre combustíveis
    Tags:
    preço do diesel, preço da gasolina, greve de caminhoneiros, Petrobras, Abcam, Folha de São Paulo, Pedro Parente, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik