09:52 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Sala da Corte Interamericana de Direitos Humanos

    Acusado de violência doméstica, juiz se afasta da Corte Interamericana de Direitos Humanos

    © Foto : CIDH/Divulgação
    Brasil
    URL curta
    2 0 0

    O juiz brasileiro Roberto Caldas, membro da Corte Interamericana de Direitos Humanos, se afastou do cargo em razão de uma denúncia de violência doméstica contra a sua ex-mulher, um caso que poderá fazê-lo não voltar mais ao posto.

    Em depoimento à Polícia Civil de Brasília, Michella Marys Santana, ex-mulher de Caldas, contou que foi agredida várias vezes pelo magistrado quando ainda eram casados, e que ele chegou a ameaçá-la de morte.

    No episódio, Caldas teria chegado "nervoso, possuído" e começou a ofendê-la com vários termos de baixo calão. A violência física veio a seguir.

    "Em seguida, puxou o cabelo dela e saiu empurrando a ofendida pela casa, tentando tirá-la da residência. Pela escada, houve mais um empurrão, derrubando a ofendida na escada", consta no depoimento da ex-mulher do juiz.

    "Nesse momento, o agressor falou para a ofendida: 'Eu vou na cozinha pegar uma faca e vou te matar'", continuou o relato.

    Diante da polêmica em torno da denúncia, Caldas pediu afastamento da Corte Interamericana de Direitos Humanos e, segundo pessoas ligadas ao caso, é pouco provável que ele volte a ocupar o posto.

    Em nota, o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, que defende Caldas, reconheceu as "graves" e "inúmeras ofensas verbais" envolvendo o magistrado, mas negou que ele tenha praticado qualquer violência física contra a ex-mulher.

    Mais:

    Violência contra a mulher é uma 'praga' que precisa ser combatida, diz Papa Francisco
    Opinião: 'Violência contra a mulher deve ser tratada com consciência'
    Temer anuncia ação conjunta no combate à violência, com foco especial na mulher
    Tags:
    direitos humanos, agressão, violência doméstica, Corte Interamericana de Direitos Humanos, Michella Marys Santana, Roberto Caldas, Antônio Carlos de Almeida Castro, Brasília, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik