03:19 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    121
    Nos siga no

    Uma pesquisa da consultoria Ipsos mostra que o presidente Michel Temer (MDB) é o segundo líder latino-americano mais desprestigiado no momento, perdendo apenas para o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, que conduz o país caribenho em meio a uma crise sem precedentes.

    Os números da pesquisa, divulgados nesta sexta-feira pela BBC Brasil, se basearam em um levantamento com 448 jornalistas e articulistas de 14 países da região. Com base nele, Temer tem 28% de opiniões favoráveis, superando apenas o líder venezuelano (8%) e ficando atrás até mesmo do cubano Raúl Castro (32%).

    A avaliação ruim de Temer na América Latina foi divulgada no mesmo dia em que o presidente brasileiro embarcou para Lima, no Peru, onde participará da Cúpula das Américas, evento que está em sua oitava edição.

    De acordo com a BBC Brasil, o alto desprestígio de Temer explica a agenda modesta que ele terá na capital peruana, sem numerosos e relevantes encontros com outros homólogos. Diante do fato que Maduro não foi convidado ao evento, o brasileiro será o líder latino-americano mais mal avaliado presente.

    No topo das avaliações aparecem o colombiano Juan Manuel Santos (79% de aprovação), o uruguaio Tabaré Vásquez (78%) e o argentino Mauricio Macri (72%).

    Mais:

    Após ignorar Temer em 2017, vice-presidente dos EUA anuncia visita ao Brasil em maio
    Temer diz que país vive 'momento político difícil'
    Opinião: candidatura de Temer visa barganhar proteção contra processos jurídicos futuros
    Tags:
    América Latina, Brasil, Venezuela, Peru, Michel Temer, Nicolás Maduro, Juan Manuel Santos, Mauricio Macri, Tabaré Vázquez, Raúl Castro, Cúpula das Américas, Ipsos, prestígio, aprovação, política
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar