15:12 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Michel Temer durante cerimônia de posse de Torquato Jardim no cargo de Ministro da Transparência, Fiscalização e Controle

    Temer só perde para Maduro entre os mais mal avaliados da América Latina, mostra pesquisa

    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    Brasil
    URL curta
    621

    Uma pesquisa da consultoria Ipsos mostra que o presidente Michel Temer (MDB) é o segundo líder latino-americano mais desprestigiado no momento, perdendo apenas para o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, que conduz o país caribenho em meio a uma crise sem precedentes.

    Os números da pesquisa, divulgados nesta sexta-feira pela BBC Brasil, se basearam em um levantamento com 448 jornalistas e articulistas de 14 países da região. Com base nele, Temer tem 28% de opiniões favoráveis, superando apenas o líder venezuelano (8%) e ficando atrás até mesmo do cubano Raúl Castro (32%).

    A avaliação ruim de Temer na América Latina foi divulgada no mesmo dia em que o presidente brasileiro embarcou para Lima, no Peru, onde participará da Cúpula das Américas, evento que está em sua oitava edição.

    De acordo com a BBC Brasil, o alto desprestígio de Temer explica a agenda modesta que ele terá na capital peruana, sem numerosos e relevantes encontros com outros homólogos. Diante do fato que Maduro não foi convidado ao evento, o brasileiro será o líder latino-americano mais mal avaliado presente.

    No topo das avaliações aparecem o colombiano Juan Manuel Santos (79% de aprovação), o uruguaio Tabaré Vásquez (78%) e o argentino Mauricio Macri (72%).

    Mais:

    Após ignorar Temer em 2017, vice-presidente dos EUA anuncia visita ao Brasil em maio
    Temer diz que país vive 'momento político difícil'
    Opinião: candidatura de Temer visa barganhar proteção contra processos jurídicos futuros
    Tags:
    política, aprovação, prestígio, Ipsos, Cúpula das Américas, Raúl Castro, Tabaré Vázquez, Mauricio Macri, Juan Manuel Santos, Nicolás Maduro, Michel Temer, Peru, Venezuela, Brasil, América Latina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik