05:02 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso

    Ministro do STF alerta: Há em curso uma 'operação abafa' para frear combate à corrupção

    Carlos Humberto/ SCO/ STF
    Brasil
    URL curta
    29116

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso disse neste sábado (7) que há uma "operação abafa" em curso no Brasil para tentar desmobilizar o combate à corrupção. Segundo Barroso, o primeiro passo dessa operação foi contra a possibilidade de restrição do foro privilegiado.

    Depois, conforme o ministro, como "isso se tornou uma tendência irreversível", pois a proposta que está em andamento no Supremo já recebeu oito dos 11 votos da Corte, a estratégia da operação mudou para tentar acabar com a execução da pena após a condenação em segunda instância. As informações são da Agência Brasil.

    Barroso defende o cumprimento da pena depois da condenação em segunda instância. "O processo vai começar no primeiro grau e não vai acabar nunca", disse ao participar do painel sobre corrupção na Brazil Conference, conferência organizada por alunos brasileiros das universidades de Harvard e do MIT em Cambridge.

    O ministro disse que a corrupção não pode ser um "monotema" na agenda do Brasil, já que o país tem "outras prioridades que incluem reforma política, previdenciária e tributária".

    Para Barroso, o "Brasil vive um momento muito difícil", mas que está "às vésperas de um novo começo". O ministro listou políticos denunciados e condenados pela Justiça e afirmou: "Alguém poderia imaginar que há uma conspiração. Só há um problema com essa teoria: os fatos".

    Mais:

    Lula desembarca em Curitiba e segue para sede da Polícia Federal
    Manifestantes bloqueiam entrada de Aeroporto para impedir prisão de Lula
    Lula deixa Sindicato a pé e se entrega à Polícia Federal
    PT teme que Moro peça prisão preventiva de Lula e tenta convencer manifestantes
    Manifestantes impedem Lula de deixar Sindicato dos Metalúrgicos para se entregar
    Lula deixará sindicato a qualquer momento em direção a Curitiba
    Tags:
    Luís Roberto Barroso
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik