14:18 21 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF)

    Ministro Fachin nega pedido pela liberdade de Lula

    Lula Marques / AGPT
    Brasil
    URL curta
    Luta pelo habeas corpus de Lula (23)
    1157

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou neste sábado o último pedido apresentado por advogados de Luiz Inácio Lula da Silva para evitar a prisão do ex-presidente, decretada pelo juiz Sérgio Moro na última quinta-feira.

    De acordo com a defesa, Lula não poderia ser preso ainda, uma vez que teria direito a um último recurso no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), e, nesse caso, Moro não teria respeitado o encerramento do caso na segunda instância. O ministro Fachin, no entanto, não entendeu dessa maneira e manteve a ordem de prisão.

    Condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo suposto recebimento de propina da empreiteira OAS, Lula recebeu uma determinação do juiz da 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba para se apresentar voluntariamente à Polícia Federal até as 17h da última sexta-feira, prazo que não foi respeitado. Embora a expectativa seja a de que o ex-presidente se entregue a qualquer momento, ele permanece, até agora, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde participa de uma missa em homenagem à sua esposa falecida, dona Marisa Letícia, que faria aniversário neste sábado.

    Tema:
    Luta pelo habeas corpus de Lula (23)

    Mais:

    'Garras' dos Estados Unidos estão por trás das ações contra Lula, diz Maduro
    Polícia Federal decide adiar a prisão de Lula pelo menos até amanhã
    PF negocia termos para que Lula se apresente
    Tags:
    Sérgio Moro, Luiz Edson Fachin, Luiz Inácio Lula da Silva, Lula, São Bernardo do Campo, Brasília, São Paulo, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik